Após acusações, Marcius Melhem e Dani Calabresa se veem em audiência de 8 horas, diz colunista

Ex-diretor da TV Globo pede que humorista pague a ele R$ 200 mil por danos morais e perdas; Calabresa formalizou uma queixa formal no compliance da empresa

Pela primeira vez após as acusações de assédio sexual e moral, a humorista Dani Calabresa e o ex-diretor da TV Globo Marcius Melhem se encontraram em uma audiência judicial online de oito horas, há poucos dias. As informações são da colunista Mônica Bergamo.

Marcius Melhem e Dani Calabresa ficam frente e frente em audiência online – Foto: Reprodução/NDMarcius Melhem e Dani Calabresa ficam frente e frente em audiência online – Foto: Reprodução/ND

Além de Calabresa, outras profissionais da emissora também denunciaram o comportamento de Melhem. Conforme a publicação, a apresentadora foi uma das primeiras a formalizar as queixas no compliance da empresa.

No entanto, o processo é movido pelo ex-diretor, no qual pede que Calabresa pague a ele R$ 200 mil por danos morais e perdas. Segundo ele, o valor seria doado à caridade.

Ainda de acordo com a colunista, outros profissionais globais, entre eles atores e atrizes estiveram diante do juiz como testemunhas de acusação e defesa. Porém, tanto a humorista como o ex-diretor não foram autorizados a falar com ninguém, apenas assistiram aos depoimentos.

Lembre o caso

Uma reportagem na revista Piauí detalhou os supostos assédios praticados por Melhem e sofridos por várias atrizes.

Para escrever o texto, a revista ouviu 43 pessoas, entre elas supostas vítimas de assédio moral e sexual do humorista. Além disso, o texto traz, ainda, relatos de uma suposta “negligência” da Rede Globo na apuração do caso.

Um dos relatos mais surpreendentes é o de uma festa, promovida em 2017 por Melhem, para comemorar o centésimo episódio da reformulação do Zorra. Na ocasião, ele teria encurralado Dani Calabresa na porta de um banheiro, tentado beijá-la e tirado o pênis para fora.

Além disso, também há relatos de outras investidas nos sets de gravação do programa e discussões profissionais que levaram a atriz a ter crises de saúde. A revista também teve acesso a áudios de Melhem onde ele diz que Calabresa estava manchando o nome dele na emissora. Em outro, ele fala a seguinte frase: “O que mais você quer, filha, para calar a boca?”.

Por fim, a reportagem traz as tentativas de vítimas e testemunhas de pressionar a Globo sobre as investigações e a resposta da empresa que, mesmo após anunciar o desligamento do diretor, não citou em nenhum momento o caso de assédio.

+

Internet

Loading...