Ator que fez ‘Cabeção’ está entre vítimas de cárcere privado em clínica, diz MPSP

Sérgio Hondjakoff nega ser vítima e diz que não estava na clínica de reabilitação onde uma ação do MP resgatou 42 pacientes, na cidade de Pindamonhangaba

O ator Sérgio Hondjakoff, que interpretou o personagem ‘Cabeção’ na novela Malhação entre os anos de 2000 e 2006, teve seu nome divulgado pelo MPSP (Ministério Público de São Paulo). Segundo o órgão, Hondjakoff teria sido um dos 42 pacientes de uma clínica de reabilitação, na cidade de Pindamonhangaba, que estariam vivendo em cárcere privado e foram regatados por uma ação do MP.

Ator nega que tenha vivido situação de cárcere – Foto: Redes sociais/Reprodução/NDAtor nega que tenha vivido situação de cárcere – Foto: Redes sociais/Reprodução/ND

A clínica foi fechada por uma ação do órgão, que envolveu também a Polícia Civil. Segundo informações do portal R7, a situação envolveria a investigação de denúncias sobre pacientes que eram mantidos em cárcere privado, sem direito a ter contato com a família e enfrentando constrangimento e maus tratos .

As informações ainda dão conta de que o ator e mais 41 vítimas teriam sido mantidas em quartos trancados, sendo resgatados pela parte externa da clínica. O MP ainda afirmou que o estabelecimento possui histórico de denúncias e irregularidades.

A ocorrência foi registrada nos critérios de sequestro e cárcere privado, além de constrangimento ilegal. Houve ainda a prisão de dois funcionários, enquanto os proprietários devem responder por sequestro.

Ator nega situação

Contrariando as informações passadas pelas autoridades, o ator garante que não estava em nenhuma clínica, mas sim com a mãe, no município de Resende, no Rio de Janeiro.

“Desmentido esse boato de que eu estaria em uma clínica. Eu estou na casa da minha mãe em Resende curtindo e espero ver vocês em breve assim que essa pandemia acabar”, afirmou, através de um vídeo no Instagram, nesta quinta-feira (5).

+

Internet

Loading...