Briga ‘extrapola’ Paulo Gustavo com Juliana Paes, Samantha Schmütz e Ludmilla; entenda

Juliana Paes gravou vídeo nesta quarta-feira (2) em que se posiciona politicamente; Samantha Schmütz rebate de forma contundente

A atriz Samantha Schmutz é apontada como a artista que motivou Juliana Paes a gravar um vídeo como resposta a uma “colega”, nesta quarta-feira (2), segundo a coluna de Leo Dias.

Desde a morte do amigo Paulo Gustavo por complicações da Covid-19, Samantha critica abertamente o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e todos que o apoiam. Ela acredita que a culpa da pandemia ter se agravado no país é a má gestão do presidente.

Juliana Paes e Samantha Schmütz trocaram farpas nesta semana – Foto: Redes sociais/ReproduçãoJuliana Paes e Samantha Schmütz trocaram farpas nesta semana – Foto: Redes sociais/Reprodução

Entenda o início da polêmica com Juliana Paes

Nesta semana, Juliana saiu em defesa da médica Nise Yamaguchi, que prestou depoimento à CPI da Covid-19. A atriz foi contrária ao tratamento de senadores com a médica durante a sessão. “Certa ou errada não importa. Mulher merece respeito em qualquer ambiente”, disparou.

O posicionamento repercutiu nas redes, o que gerou críticas tanto de anônimos quanto de famosos a ela. Por isso, no início da noite de quarta-feira, Juliana gravou um vídeo, em que afirma que ter sido agredida por uma colega de profissão. Ela disse que é contra a “arrogância da direita e os delírios comunistas da extrema-esquerda”.

Juliana Paes saiu em defesa da médica Nise Yamaguchi - Instagram/Reprodução
1 2

Juliana Paes saiu em defesa da médica Nise Yamaguchi - Instagram/Reprodução

Samantha Schmütz rebateu posicionamento da colega Juliana Paes - Instagram/Reprodução
2 2

Samantha Schmütz rebateu posicionamento da colega Juliana Paes - Instagram/Reprodução

Samantha contracenou com Juliana em 2015, na novela Totalmente Demais. Em sua conta no Instagram, ela rebateu os comentários e cobrou um posicionamento que considera adequado.

“Não existe nenhuma ‘extrema esquerda’ atuando com poder relevante no Brasil”, e apontou que quem está no poder é a “extrema direita”.

A intérprete de “Juninho Play” completou: “Não é obrigação de nenhum artista ou de qualquer cidadão ter uma posição política pública! Mas é bem-vindo aquele que quando resolve se pronunciar, entenda minimamente sobre o que escolheu colocar em pauta”.

Posicionamento de outros artistas

Na publicação de Juliana, vários artistas se posicionaram, apoiando ou criticando a atriz, mesmo que de forma sutil. Foi o caso de Letícia Sabatella, que respondeu à amiga com um grande texto, pedindo que ela reconsiderasse seu olhar à pobreza.

“Creio tanto na sua luz, na sua beleza interior, que me permito não admirar todos os pontos de sua fala, mas sim, te chamar para uma conversa muito fraterna.”

Outro ator que adotou a mesma linha em sua crítica foi Ícaro Silva, que comentou os privilégios conquistados pela colega de trabalho e a sua falta de “empatia” com as pessoas de outras classes sociais.

Já Marcos Palmeira elogiou Juliana: “Parabéns Ju! Belo posicionamento! Todo meu respeito!”. Endossaram o coro outros artistas, como a atriz Agatha Moreira, Marco Antonio de Biaggi e Danni Suzuki.

Ludmilla alfineta Samantha

Ludmilla se envolveu na polêmica entre Samantha Schmütz e Juliana Paes nesta quinta-feira (03).

Após aplaudir o posicionamento de Juliana como “politicamente neutra”, internautas passaram a criticá-la por “ignorar a própria realidade”, ao dizer que a cantora é uma mulher LGBTQIA+ negra.

No Twitter, ela respondeu aos fãs, atacando Samantha, mesmo sem citar nomes. Em seguida ela apagou a resposta.

“Gente, não viaja, aquela atriz que tá revoltada com o mundo, xingando geral, botando a culpa em todo mundo, inclusive me atacou e eu só queria ter a tranquilidade e a paciência da Juliana pra responder, o que tem de errado nisso? C*****o, tá difícil a internet, real chocada”, comentou.

Polêmicas com outras amigas de Paulo Gustavo

Tatá Werneck

Desde a internação de Paulo Gustavo no início de março, amigas próximas se envolveram em discussões com seguidores e criticaram a atitude de famosos.

A atriz Tatá Werneck foi uma das amigas do humorista que mais se envolveu nas chamadas “tretas”. Horas antes da morte de Paulo Gustavo, Tatá Werneck teve que lidar com uma situação inconveniente envolvendo o melhor amigo nas redes sociais.

Tatá Werneck e Paulo Gustavo – Foto: Reprodução/Redes SociaisTatá Werneck e Paulo Gustavo – Foto: Reprodução/Redes Sociais

A atriz havia pedido aos fãs para que orassem pela melhora de Paulo. Tatá, então, se deparou com a resposta de um internauta, que pediu para que ela não se preocupasse com esse tipo de coisa e focasse no mutirão de votos para Juliette ganhar o BBB21.

Mônica Martelli

A atriz Mônica Martelli desabafou sobre a morte do amigo Paulo Gustavo em entrevista no dia 12 de maio. Na ocasião, a atriz contou que a morte do humorista não foi apenas uma fatalidade.

Paulo Gustavo e Mônica Martelli, – Foto: Instagram/Reprodução/NDPaulo Gustavo e Mônica Martelli, – Foto: Instagram/Reprodução/ND

“Ele era um homem saudável, sem nenhuma comorbidade. Existe responsável para isso (…) Eu fico indignada, mas o que eu sinto mais forte é perplexidade.” Além disso, a atriz se emocionou ao dizer que a vacina contra a Covid-19 poderia ter evitado a morte do amigo.

+

Internet