Bruna Marquezine entra em briga envolvendo atrizes; entenda

Juliana Paes gravou vídeo em que se posiciona politicamente contrária a posição de Samantha Schmutz; famosos dividem opiniões

O posicionamento da atriz Juliana Paes afirmando ser contra a “arrogância da direita e os delírios comunistas da extrema-esquerda” seguem repercutindo na internet. Bruna Marquezine é uma das atrizes que se posicionou contra o pensamento de Juliana.

Muitos famosos têm manifestado suas opiniões sobre a fala da atriz, publicada em seu perfil no Instagram na noite da última quarta-feira (2).

A publicação de Juliana foi feita após um possível comentário da atriz Samantha Schmutz que foi apontada como a artista que motivou a gravação do  vídeo como resposta a uma “colega”, segundo a coluna de Leo Dias.

Uma das manifestações contrárias a de Juliana Paes é da atriz Bruna Marquezine que respondeu a um tweet do cantor Lucas Silveira, da banda Fresno, em que ele compartilha o posicionamento do ator Ícaro Silva, que fez uma crítica à fala de Juliana Paes em sua publicação. “Né?!”, questiona Marquezine, demonstrando ser a favor da resposta de Ícaro, que vai contra o posicionamento de Juliana.

Na postagem o ator cita a falta de empatia da atriz em sua fala. “De todas as suas qualidades bárbaras, talvez te falte a empatia. Ou talvez um senso de antropologia. Você fala de um lugar de muita inteligência, mas pouco conhecimento. E esse não é um país de pessoas inteligentes”, escreveu.

Ele faz elogios a atriz destacando sua inteligência, talento, carisma, e beleza, mas critica o pensamento exposto. “Mas seu pensamento não ultrapassa a bolha da classe alta; não ultrapassa o cercado de privilégios que seu talento te permitiu alcançar. Seu posicionamento é de quem não sabe o que é fome, de quem não entende o que é miséria”, acrescentou. 

Posicionamento divide opiniões

Nos comentários da postagem de Juliana Paes, que tem mais de 10 milhões de visualizações, além de Bruna Marquezine, outros famosos também manifestaram descontentamento com a opinião de Juliana.

A também atriz Letícia Sabatella destacou que não concorda com o posicionamento da colega de profissão e sugeriu um diálogo sobre o tema. Já a atriz Patrícia Pillar questinou: “Que delírios comunistas?”.

Em contrapartida, outros colegas de profissão demonstraram apoio. A publicação foi elogiada por Marcos Palmeira, Agatha Moreira e Letícia Spiller. “Essa é você. Assino embaixo”, escreveu também a escritora Glória Perez.

Entenda o início da polêmica com Juliana Paes

Nesta semana, Juliana saiu em defesa da médica Nise Yamaguchi, que prestou depoimento à CPI da Covid-19. A atriz foi contrária ao tratamento de senadores com a médica durante a sessão. “Certa ou errada não importa. Mulher merece respeito em qualquer ambiente”, disparou.

Juliana Paes e Samantha Schmütz trocaram farpas nas redes sociais – Foto: Redes sociais/ReproduçãoJuliana Paes e Samantha Schmütz trocaram farpas nas redes sociais – Foto: Redes sociais/Reprodução

O posicionamento repercutiu nas redes, o que gerou críticas tanto de anônimos quanto de famosos a ela. Por isso, no início da noite de quarta-feira, Juliana gravou um vídeo, em que afirma que ter sido agredida por uma colega de profissão. Ela disse que é contra a “arrogância da direita e os delírios comunistas da extrema-esquerda”.

A suposta colega é cogitada como a atriz Samantha Schmutz  que contracenou com Juliana em 2015, na novela Totalmente Demais. Em sua conta no Instagram, ela rebateu os comentários e cobrou um posicionamento que considera adequado.

Desde a morte do amigo Paulo Gustavo por complicações da Covid-19, Samantha critica abertamente o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e todos que o apoiam. Ela acredita que a culpa da pandemia ter se agravado no país é a má gestão do presidente.

“Não existe nenhuma ‘extrema esquerda’ atuando com poder relevante no Brasil”, e apontou que quem está no poder é a “extrema direita”.

A intérprete de “Juninho Play” completou: “Não é obrigação de nenhum artista ou de qualquer cidadão ter uma posição política pública! Mas é bem-vindo aquele que quando resolve se pronunciar, entenda minimamente sobre o que escolheu colocar em pauta”.

Ludmilla alfineta Samantha

Ludmilla se envolveu na polêmica entre Samantha Schmütz e Juliana Paes nesta quinta-feira (03).

Após aplaudir o posicionamento de Juliana como “politicamente neutra”, internautas passaram a criticá-la por “ignorar a própria realidade”, ao dizer que a cantora é uma mulher LGBTQIA+ negra.

No Twitter, ela respondeu aos fãs, atacando Samantha, mesmo sem citar nomes. Em seguida ela apagou a resposta.

“Gente, não viaja, aquela atriz que tá revoltada com o mundo, xingando geral, botando a culpa em todo mundo, inclusive me atacou e eu só queria ter a tranquilidade e a paciência da Juliana pra responder, o que tem de errado nisso? C*****o, tá difícil a internet, real chocada”, comentou.

Polêmica envolvendo morte de Paulo Gustavo

Desde a internação de Paulo Gustavo no início de março, amigas próximas se envolveram em discussões com seguidores e criticaram a atitude de famosos. A atriz Tatá Werneck foi uma das amigas do humorista que mais se envolveu nas chamadas “tretas”.

A atriz Mônica Martelli desabafou sobre a morte do amigo Paulo Gustavo em entrevista no dia 12 de maio. Na ocasião, a atriz contou que a morte do humorista não foi apenas uma fatalidade.

Tata Werneck era uma das grandes amigas de Paulo Gustavo – Foto: Instagram/Reprodução/NDTata Werneck era uma das grandes amigas de Paulo Gustavo – Foto: Instagram/Reprodução/ND
+

Internet