Cientista cria vaso sanitário que transforma fezes em dinheiro

Cada uso do banheiro vale 10 Ggool por dia, para comprar coisas no campus da universidade

Um pesquisador chamado Cho Jae-Weon,  professor de engenharia urbana e ambiental no UNIST (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia), em uma universidade na Coréia do Sul, desenvolveu um vaso sanitário que transforma fezes humanas em energia. Quem usa esse banheiro ganha criptomoedas como recompensa pela ajuda.

O banheiro pode transformar cerca de meio quilo de dejetos humanos sólidos – Foto: UNIST/Divulgação/NDO banheiro pode transformar cerca de meio quilo de dejetos humanos sólidos – Foto: UNIST/Divulgação/ND

Cho criou uma moeda virtual chamada Ggool, que significa “mel” em coreano. Cada uso do banheiro ganha 10 Ggool por dia, que podem ser usados ​​para comprar coisas no campus da universidade.

O vaso primeiro bombeia seus excrementos para um tanque subterrâneo, o que significa que usa menos água quando comparado a um banheiro tradicional. Os microrganismos então decompõem os resíduos em metano, uma fonte utilizável de energia.

“Se pensamos fora da caixa, fezes tem um valor precioso para energia e estrume, eu coloquei esse valor em circulação ecológica”, explica Cho.

O vaso sanitário pode transformar cerca de meio quilo de dejetos humanos sólidos, a quantidade média de cocô humano em um dia, em impressionantes 50 litros de gás metano, de acordo com Cho.

Isso significa que ele pode gerar meio quilowatt-hora de eletricidade, o suficiente para dirigir um carro elétrico por três quartos de milha, ou aproximadamente 1,2 quilômetro.

+

Internet

Loading...