Como surgiu concurso da vagina mais bonita do Brasil; veja fotos exclusivas das finalistas

Criadora do concurso, que mora em Balneário Camboriú, conta como iniciou a carreira de conteúdo adulto e mostra fotos exclusivas das finalistas da vagina mais bonita do Brasil

Natural do Paraná, Ana Otani, criadora do concurso “A Vagina Mais Bonita do Brasil”, mora em Balneário Camboriú no Litoral Norte de Santa Catarina há cinco anos. A modelo, especialista em conteúdo adulto, chegou a fazer uma ninfoplastia e leiloar a virgindade por R$ 800 mil.

Ana foi criada pela mãe que trabalhou a vida toda em salão de beleza e para ela, sempre foi natural falar sobre sexo e o universo de intimidades femininas.

“Quando eu saí do Paraná e fui para Jaraguá do Sul, comecei a ter mais experiências sexuais e comecei a contar para meu amigo, que achou a forma como eu contava muito legal e criou um blog de contos eróticos para mim, então começamos a postar minhas histórias loucas e o público adorou! Desde então, criei um canal e venho produzindo conteúdo dando dicas, contando histórias e vendendo conteúdo”, destaca Ana.

Ana começou a atuar como modelo de temática adulta em 2019. “Antes dessa febre de close friends e onlyfans explodir no Brasil, havia um público gigante pedindo para me ver nua, então um dia criei coragem e gravei algumas cenas experimentando fantasias de sex Shop e vendi para mais de 7 mil seguidores, na época eu cobrava 25 reais pelo vídeo e 3 fotos nua”, relembra Ana.

Ana Otani já leiloou a virgindade e criou o concurso a vagina mais bonita do Brasil – Foto: Reprodução Ana Otani/NDAna Otani já leiloou a virgindade e criou o concurso a vagina mais bonita do Brasil – Foto: Reprodução Ana Otani/ND

A criadora do concurso não imaginava como o mercado adulto seria rentável e foi justamente este o atrativo que fez a modelo seguir a carreira e abrir portas para outras candidatas, como as do concurso a Vagina Mais Bonita do Brasil. Quando questionada o que mais gosta no trabalho Ana responde: “o salário”, brinca.

> Conheça a dona da vagina mais bonita do Brasil eleita por concurso de SC

“Eu amo estar envolvida com meu público, converso com todos que me chamam no direct, amo sensualizar. Fora a liberdade que meu trabalho me proporciona, liberdade financeira, liberdade geográfica (trabalho de onde eu quiser apenas pelo celular) e principalmente, liberdade de tempo!”

“Com meu trabalho eu consigo tirar um tempo para viajar com a família sempre e proporcionar experiências, que antes, com a nossa condição social, jamais poderíamos”, destaca.

As donas da vagina mais bonita do Brasil

Revelada a dona da vagina mais bonita do Brasil! O concurso criado pela catarinense Ana Otani de Balneário Camboriú chegou ao fim neste domingo (28) e elegeu a mulher com a vagina mais bonita do país.

A vencedora foi a carioca Maitê que entrou no concurso aos “45 do segundo tempo”, depois da desistência de outra candidata. Maitê recebeu 53% dos votos do público. Quem decidiu as finalistas foram os assinantes de Ana Otani.

Maitê, Anni e Lara são as finalistas do concurso a vagina mais bonita do Brasil, criado por catarinense – Foto: Reprodução/InternetMaitê, Anni e Lara são as finalistas do concurso a vagina mais bonita do Brasil, criado por catarinense – Foto: Reprodução/Internet

Ana revelou fotos exclusivas dela, da vencedora Maitê e das finalistas Anni em segundo lugar com 28,8% dos votos e Lara em terceiro lugar com 11,9% dos votos.

Segunda colocada no Concurso, Anni conquistou 28,8% dos votos - Reprodução Ana Otani/ND
1 4
Segunda colocada no Concurso, Anni conquistou 28,8% dos votos - Reprodução Ana Otani/ND
A carioca Maitê é a dona da vagina mais bonita do Brasil - Reprodução Ana Otani/ND
2 4
A carioca Maitê é a dona da vagina mais bonita do Brasil - Reprodução Ana Otani/ND
Anni é a segunda colocada do concurso a vagina mais bonita do Brasil - Reprodução Ana Otani/ND
3 4
Anni é a segunda colocada do concurso a vagina mais bonita do Brasil - Reprodução Ana Otani/ND
Lara foi a terceira colocada do concurso e conquistou 11,9% dos votos - Reprodução Ana Otani/ND
4 4
Lara foi a terceira colocada do concurso e conquistou 11,9% dos votos - Reprodução Ana Otani/ND

Superação

Trabalhando em um ambiente com presença predominante de homens, Ana conta que o maior desafio do trabalho é vencer o preconceito. “Já pediram para me retirarem do local onde estava porque uma mulher não se sentia bem no mesmo ambiente que uma ‘mulher como eu'”, destacou Ana.

Ana Otani foi a criadora do concurso a vagina mais bonita do Brasil – Foto: Reprodução Ana Otani/NDAna Otani foi a criadora do concurso a vagina mais bonita do Brasil – Foto: Reprodução Ana Otani/ND

A história de Ana foi cercada de desafios, de uma menina pobre que engravidou aos 17 anos. “Eu sou uma menina que fui criada sem pai, na cidade mais pobres do interior do Paraná, engravidei com 17 anos, não terminei o ensino médio por conta da gravidez, reprovei por falta, depois que ganhei bebê, trabalhava de estagiária e ganhava cerca de 600 por mês, com uma filha pra criar, as coisas pareciam impossíveis”, relata Ana.

Ana não costuma falar sobre a vida com a filha, mas abriu uma exceção ao ND+. “Não falo sobre minha família porque meu público é massivamente homens, então prefiro manter no anonimato. Enfim, da minha casa mesmo, comecei a estudar e a fazer amizades na internet com pessoas muito inteligentes e bem sucedidas, que me deram vários conselhos que eu segui um por um! E hoje estou aqui, graças a Deus e aos meus amigos, que são meus amigos até hoje”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Internet

Loading...