Confira os famosos que foram pegos em festas clandestinas durante a pandemia

Do rap ao sertanejo, artistas de vários gêneros musicais foram pegos participando destes eventos e criticados na internet

A pandemia da Covid-19 tem sido marcada por pessoas desrespeitando as medidas de segurança e promovendo a aglomeração. Diariamente vídeos e fotos são divulgados em que pessoas aparecem sem máscara e não cumprindo o distanciamento social. Mas isso não é uma exclusividade das “pessoas comuns”.

A dupla sertaneja foi flagrada em uma festa clandestina no último sábado (10) em São Paulo. – Foto: Reprodução/Redes Sociais/NDA dupla sertaneja foi flagrada em uma festa clandestina no último sábado (10) em São Paulo. – Foto: Reprodução/Redes Sociais/ND

Artistas, como a dupla sertaneja Matheus e Kauan, foram pegos em festas clandestinas e tiveram que se explicar com os fãs. A dupla virou alvo de críticas neste fim de semana, após participar de uma festa clandestina. Os sertanejos eram a atração principal em um evento que foi interrompido pela polícia no último sábado (10), em São Paulo.

Mas a dupla não foi a única que sofreu com o “cancelamento” nas redes. Desde o início da pandemia da Covid-19, diversos artistas foram pegos desrespeitando as normas de segurança e participando de eventos clandestinos.

Do rap ao sertanejo, artistas de vários gêneros musicais foram pegos participando destes eventos. Confira abaixo os principais artistas que desrespeitaram as normas de segurança e fizeram festas clandestinas:

A dupla Maiara e Maraisa fez um show presencial no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo, em novembro do ano passado. Apesar do pedido para que a plateia, inclusive famosos, ficassem sentados e usando máscaras, imagens do evento que circularam na web mostravam a aglomeração. A dupla foi criticada por internautas. - Reprodução/Redes Sociais/ND
1 9
A dupla Maiara e Maraisa fez um show presencial no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo, em novembro do ano passado. Apesar do pedido para que a plateia, inclusive famosos, ficassem sentados e usando máscaras, imagens do evento que circularam na web mostravam a aglomeração. A dupla foi criticada por internautas. - Reprodução/Redes Sociais/ND
Em dezembro de 2020, o nome de Djonga virou um dos assuntos mais comentados do Twitter. Isso porque, os internautas detonaram o artista por ele ter feito um show com uma plateia lotada, no Rio de Janeiro, durante a pandemia. Djonga não se pronunciou sobre o caso na época. - Reprodução/Redes Sociais/ND
2 9
Em dezembro de 2020, o nome de Djonga virou um dos assuntos mais comentados do Twitter. Isso porque, os internautas detonaram o artista por ele ter feito um show com uma plateia lotada, no Rio de Janeiro, durante a pandemia. Djonga não se pronunciou sobre o caso na época. - Reprodução/Redes Sociais/ND
Em janeiro de 2021, Marrone (da dupla com Bruno), foi outro artista que desrespeitou a quarentena ao cantar e causar aglomeração em Santa Catarina. Nas redes sociais, o sertanejo aparecia e os músicos da banda apareciam sem máscaras. O público presente também ignorou o distanciamento social. - Reprodução/Redes Sociais/ND
3 9
Em janeiro de 2021, Marrone (da dupla com Bruno), foi outro artista que desrespeitou a quarentena ao cantar e causar aglomeração em Santa Catarina. Nas redes sociais, o sertanejo aparecia e os músicos da banda apareciam sem máscaras. O público presente também ignorou o distanciamento social. - Reprodução/Redes Sociais/ND
Em fevereiro, o cantor Belo não só realizou um show, como também foi preso. O show clandestino ocorreu no Rio de Janeiro e o artista passou uma noite preso. - Reprodução/Redes Sociais/ND
4 9
Em fevereiro, o cantor Belo não só realizou um show, como também foi preso. O show clandestino ocorreu no Rio de Janeiro e o artista passou uma noite preso. - Reprodução/Redes Sociais/ND
Gusttavo Lima ouviu reclamações dos internautas após cantar em um show com cerca de 500 convidados, no Copacabana Palace. O evento aconteceu em maio de 2021, quando o número de mortes decorrentes da Covid-19 batia recordes no Brasil. Eventos com aglomeração não estavam liberados no Rio de Janeiro. - Reprodução/Redes Sociais/ND
5 9
Gusttavo Lima ouviu reclamações dos internautas após cantar em um show com cerca de 500 convidados, no Copacabana Palace. O evento aconteceu em maio de 2021, quando o número de mortes decorrentes da Covid-19 batia recordes no Brasil. Eventos com aglomeração não estavam liberados no Rio de Janeiro. - Reprodução/Redes Sociais/ND
Um dia após lamentar pela pandemia na internet, a cantora Ludmilla apareceu cantando e dançando no mesmo evento em que Gusttavo Lima esteve, no Copacabana Palace. Os fãs e internautas questionaram a funkeira após descobrirem sobre a participação. - Reprodução/Redes Sociais/ND
6 9
Um dia após lamentar pela pandemia na internet, a cantora Ludmilla apareceu cantando e dançando no mesmo evento em que Gusttavo Lima esteve, no Copacabana Palace. Os fãs e internautas questionaram a funkeira após descobrirem sobre a participação. - Reprodução/Redes Sociais/ND
O sertanejo Cauan (da dupla com Cleber), sentiu na pele as dificuldades da Covid-19 e chegou a ficar 14 dias internados em estado grave. A experiência, no entanto, não o impediu de realizar um show logo depois de recuperado. A dupla cantou em uma festa de casamento em Camboriú (SC). Cleber e Cauan foram flagrados em meio à aglomeração e pessoas sem máscaras. - Reprodução/Redes Sociais/ND
7 9
O sertanejo Cauan (da dupla com Cleber), sentiu na pele as dificuldades da Covid-19 e chegou a ficar 14 dias internados em estado grave. A experiência, no entanto, não o impediu de realizar um show logo depois de recuperado. A dupla cantou em uma festa de casamento em Camboriú (SC). Cleber e Cauan foram flagrados em meio à aglomeração e pessoas sem máscaras. - Reprodução/Redes Sociais/ND
O cantor Tiee, que já tinha sido diagnosticado com a covid-19, provocou aglomeração ao se apresentar em um bar na zona norte do Rio de Janeiro. Os fãs não perdoaram o pagodeiro, que dias antes chegou a pedir que as pessoas levassem o vírus a sério. Diante das críticas, ele pediu desculpa - Reprodução/Redes Sociais/ND
8 9
O cantor Tiee, que já tinha sido diagnosticado com a covid-19, provocou aglomeração ao se apresentar em um bar na zona norte do Rio de Janeiro. Os fãs não perdoaram o pagodeiro, que dias antes chegou a pedir que as pessoas levassem o vírus a sério. Diante das críticas, ele pediu desculpa - Reprodução/Redes Sociais/ND
A dupla sertaneja foi flagrada em uma festa clandestina no último sábado (10) em São Paulo. - Reprodução/Redes Sociais/ND
9 9
A dupla sertaneja foi flagrada em uma festa clandestina no último sábado (10) em São Paulo. - Reprodução/Redes Sociais/ND

*Com informações do Portal R7

+

Internet

Loading...