FOTOS: Mãe afirma ter visto ‘espírito’ de filha assassinada visitando túmulo

Sumiço de pertences gerou desconfiança em mãe, que pediu para consultar câmeras do cemitério

A pequena Favíola Rodriguez foi assassinada aos dois anos, em setembro de 2018. O crime ocorreu em Las Cruces, município do Novo México, nos Estados Unidos – mesma cidade onde ela foi sepultada. Quatro anos depois a mãe Saundra Gonzales afirma ter visto algo surreal: fotos do espírito da filha visitando o próprio túmulo.

espírito de criança teria sido registrado por câmeraImagens foram gravadas por câmera instalada em outro túmulo – Foto: Reprodução/Redes Sociais

As informações são do jornal  Kfox TV, publicadas em agosto do último ano mas que voltaram a repercutir agora. A reportagem conta que desde a morte da pequena Saundra realizava visitas constantes ao cemitério Maçônico. Ela passou ter problemas com pessoas que roubavam pertences do túmulo, como bonecos e objetos pessoais.

Depois de pedir ajuda à administração do cemitério, e avisá-los sobre os roubos, a mãe soube que havia uma câmera no local. Uma outra família instalou o equipamento para averiguar se o assassino do familiar deles vandalizava o túmulo do parente. O objetivo era levar as gravações para a polícia.

Espírito da menina, que teria sido capturado por câmera de túmulo – Foto: Reprodução/Redes SociaisEspírito da menina, que teria sido capturado por câmera de túmulo – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Aparição

Ao rever as gravações estes familiares perceberam que uma pequena garota visitava o túmulo da filha de Saundra no meio da noite. Preocupados que fosse uma menina perdida, entregaram as imagens para o dono do cemitério. Foi quando um trabalhador disse: “Nós conhecemos esta menina”, reconhecendo a filha de Favíola.

Com a imagem em mãos, eles foram novamente ao cemitério no dia seguinte. E lá encontraram a avó e mãe de Favíola. Saundra começou a chorar quando mostraram a imagem. “Eu sabia que era a minha filha”, contou a mãe ao Kfox.

A última cena capturada pelo vídeo mostra a pequena garota caminhando com um homem alto, conta a mãe. “Acho que ele estava lá para levá-la ao céu“, acredita Saundra.

+

Internet

Loading...