Hang e Felipe Neto discutem e catarinense dispara: ‘dorme e acorda pensando em mim’

Empresário catarinense publicou um vídeo rebatendo o que foi dito pelo influencer sobre decisão de processo judicial

O embate entre Luciano Hang e Felipe Neto ganhou mais um capítulo. Desta vez o empresário catarinense rebateu a informação divulgada pelo influencer sobre a decisão de um processo. Em sua fala, Hang afirmou que o carioca “requentou um processo que não acabou”.

Empresário catarinense e youtuber discutem na internetEmpresário e youtuber travam batalha na Justiça desde 2020 – Foto: Redes sociais/Reprodução/ND

O processo, citado pelo empresário é de 2020, quando o Youtuber o criticou por vender alimentos nas lojas da Havan durante a pandemia de Covid-19. O catarinense processou Felipe Neto por ter sido chamado de “desgraçado”.

Em duas instâncias, a Justiça decidiu que as falas de Felipe Neto se enquadraram nos limites da liberdade de expressão. Nesta quinta-feira (18) o influencer publicou em seu perfil na internet que essa era a terceira vitória na justiça.

A comemoração foi rebatida por Luciano Hang, que alegou que o processo ainda não acabou e pediu para o youtuber não comemorar. Além disso, Hang também afirmou que “esse é só o primeiro (processo), (e que) já tem outro encaminhado”.

Na mesma postagem, o dono da Havan fala, em vídeo, que o carioca “dorme e acorda” pensando nele.

Assista:

Por nota, a assessoria da Havan alegou que não houve uma nova decisão, ao contrário do que o Felipe Neto noticiou.

Leia a nota na íntegra:

O empresário Luciano Hang rebateu as informações de Felipe Neto, sobre o processo que ele moveu contra o influencer. Ao contrário do que ele noticiou, não houve uma nova decisão sobre o caso.

O processo em questão foi movido no passado por Hang, após Felipe Neto tê-lo chamado de “desgraçado” por vender alimentos na rede lojas Havan. O que ocorre dentro da legalidade, pois as lojas sempre tiveram alvará permitindo o comércio de gêneros alimentícios.

Em duas instâncias, a Justiça decidiu que as falas de Felipe Neto se enquadraram nos limites da liberdade de expressão.

Entretanto, o processo segue em tramitação em instância superior e Felipe Neto não pode comemorar ganho de causa antes da hora.

+

Internet

Loading...