Morador de rua volta atrás em fala sobre sexo com mulher de personal

Givaldo Alves, de 48 anos, expôs uma nova opinião durante entrevista a Ricardo Caiafa

O morador de rua Givaldo Alves, de 48 anos, está entre os assuntos mais comentados das últimas semanas. Ele foi flagrado fazendo sexo com a esposa do personal trainer Eduardo Alves, na cidade de Planaltina, no Distrito Federal. Após dar detalhes íntimos sobre a relação sexual, o morador de rua surpreendeu ao voltar atrás em alguns posicionamentos.

morador de ruaMorador de rua se envolveu em uma polêmica ao ser flagrado fazendo sexo com esposa de personal. – Foto: Reprodução/Internet/Ricardo Caiafa

Um pedido de desculpas foi feito durante entrevista com Ricardo Caiafa, nesta terça-feira (29). “Eu acredito realmente que a importância da mulher é a causa que existimos. Eu sei pela parte que me toca que delas viemos, para elas vivemos, com elas sofremos, e depois morremos, não existe mais nada. Se for ruim com elas, vai ser muito pior sem elas”, comentou.

Givaldo falou sobre a infelicidade ao descrever o ato sexual sem mudar nada e comentou sobre se sentir envergonhado. “Gostaria de pedir desculpas primeiramente à ela, às meninas da minha família, à minha mãe, e à todas vocês. Não sou o tipo de homem de abrir uma coisa íntima para ninguém. Então, fui infeliz ao relatar um fato que poderia ter ponderado, mas não soube conciliar as coisas de um jeito correto”, disse.

Relembre caso

Um personal trainer de 31 anos agrediu um morador em situação de rua após flagrá-lo fazendo sexo com a sua esposa em Planaltina, no Distrito Federal, no dia 10 de março.

De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal, a sogra e a esposa do personal saíram de casa com o objetivo de ajudar o homem que estava na rua. Instantes depois, as duas teriam se separado.

Depois de algumas horas, como a esposa não atendia o telefone, o marido resolveu procurá-la, pois teria ficado “extremamente preocupado”. Quando passou perto de uma escola, ele avistou o veículo da esposa estacionado. Ao se aproximar, flagrou a mulher tento relações sexuais com o morador de rua dentro do automóvel.

Homem espanca morador de rua após encontrá-lo transando com sua esposa no carro – Vídeo: Reprodução/ND

Acreditando que se tratava de um estupro, o personal trainer espancou o homem. No entanto, em depoimento, a mulher relatou que a relação foi consensual. Todos foram conduzidos à 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina), que investiga o caso.

Surto psicótico

Um novo laudo aponta que a mulher que traiu o marido com um morador de rua, Sandra Mara Fernandes, de 33 anos, tem “sinais de transtorno afetivo bipolar em fase maníaca psicótica”. O estudo foi desenvolvido pelo Hospital Universitário de Brasília.

De acordo com publicação do Metro World News, a advogada do casal, Auricelia Vieira, não afirma que o novo laudo pode reforçar a tese de que o morador de rua teria se aproveitado de Sandra.

“Seria leviano a gente antecipar qualquer tese. Nós confiamos no trabalho da polícia. É uma análise multidisciplinar. Nossa atuação é humanizada, graças a Deus. Em torno da violência sexual, há uma órbita de teses que podem ser exploradas, um aspecto por si só não pode tratado como palavras ao vento”, relatou a advogada.

Mulher entregou Bíblia a morador de rua antes de transar – Foto: Internet/NDMulher entregou Bíblia a morador de rua antes de transar – Foto: Internet/ND

Conforme o novo laudo, desde quando deu entrada no hospital Sandra tem alucinações auditivas, “delírios grandiosos e de temática religiosa”, alteração repentina de humor e “comportamentos desorganizados e por vezes inadequados”.

Outras características ressaltadas no laudo foram os “gastos excessivos, doação de seus pertences, resistência em se vestir e hiperreligiosidade”. Auricelia ainda reforçou que Sandra continua internada e não há previsão de alta. A advogada diz que a cliente precisa de apoio para restituir a saúde física e mental.

+

Internet

Loading...