Moradora de Chapecó cria ‘vakinha’ após ter carro roubado e capotado

Luciane Batistela é motorista de aplicativo há cerca de 4 meses; o caso aconteceu no dia 18 de janeiro

Uma motorista de aplicativo usou das redes sociais para pedir ajuda. Luciane Lourdes Tedesco Batistela teve o carro roubado no dia 18 de janeiro, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, quando transportava uma passageira para casa.

Carro da moradora de Chapecó foi roubado e capotado – Foto: Internet/Divulgação/NDCarro da moradora de Chapecó foi roubado e capotado – Foto: Internet/Divulgação/ND

O carro, um New Fiesta Sedan, ano 2014, era a ferramenta de trabalho que utilizava para pagar as despesas da casa. Luciane é viúva há pouco mais de 2 anos e a cerca de quatro meses começou a trabalhar como motorista.

Na ‘vakinha’ on-line, Luciane precisa arrecadar R$ 35 mil para conseguir retirar o veículo do pátio que segue apreendido pela polícia. Por não ter inventário de bens após a morte do marido, Luciane não consegue remover o carro e fazer os reparos. O carro, após o roubo, foi capotado pelo adolescente que cometeu o crime.

“O carro está no nome do meu falecido marido e não consigo tirar do pátio de apreensões porque não fiz o inventário por não ter condições de pagar. Eu estive com meu filho no pátio colocando uma lona sobre o carro, mas essa era a minha única renda mensal, eu estou precisando muito da ajuda”, conta a mulher.

Luciane tem quatro filhos, sendo que dois moram com ela. Foi através do aplicativo que conseguia pagar as despesas da casa.

“Eu procurava levar sempre uma palavra para aqueles que conversavam, então eu animava, sempre dando um incentivo, porque quando a gente faz as coisas de coração e amor tudo da certo. Eu fiquei muito triste com o que aconteceu e infelizmente não tenho o dinheiro para retirar meu carro do pátio e nem pagar o inventário”, conta.

A ajuda para Luciane por meio da ‘vakinha’ on-line pode ser feita por meio desse link.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Internet