Moradores se assustam e relatam tremor de terra em cidades de SC

Moradores de Gaspar, Brusque e Ilhota, no Vale do Itajaí, ainda tentam entender o que pode ter causado o suposto tremor, na manhã do último sábado (8)

Moradores de Gaspar, Brusque e Ilhota, no Vale do Itajaí, ainda tentam entender o que pode ter causado um suposto tremor de terra na região, na manhã do último sábado (8).

Moradores relatam tremor de terra em Gaspar no Vale do Itajaí – Foto: Guilherme Spengler/Prefeitura de GasparMoradores relatam tremor de terra em Gaspar no Vale do Itajaí – Foto: Guilherme Spengler/Prefeitura de Gaspar

Segundo relatos, houve um forte estrondo seguido do tremor. O caso ganhou repercussão quando o perfil Gaspar Linda, no Instagram, fez um publicação perguntando aos seguidores se também haviam percebido o fenômeno.

Em poucos minutos, moradores de diversos bairros como Barracão, Margem Esquerda, Gasparinho, Sete de Setembro e Lagoa responderam positivamente. Alguns moradores de Brusque e Ilhota também disseram ter sentido o tremor.

Em meio aos comentários, algumas pessoas relataram medo. Mas também teve quem brincou com a situação: “Tava puxando um ronco neste horário da madrugada”, escreveu um usuário.

Apesar do susto por parte de alguns moradores, não houve relatos de estragos em residências ou feridos.

Terremoto no Vale?

A Defesa Civil de Gaspar, em princípio, descartou a possibilidade de um terremoto. Segundo o órgão, o município não possui equipamentos que possam medir o fenômeno.

No entanto, se confirmado, não seria algo inédito. De acordo com o geólogo Juarês Aumond, nos últimos 60 anos ocorreram três terremotos de pequena intensidade no Vale do Itajaí, todos na escala Richter 3.

O que pode ter causado o tremor

Durante a discussão, teorias sobre o que poderia ter causado o tremor se formaram. Uma delas foi a queda do foguete chinês que, até então, estava fora de controle no espaço. No entanto, ainda no fim de semana veio a confirmação que o equipamento caiu no Oceano Índico.

Outra possibilidade levantada pelos moradores foi a explosão de rochas, comum na região. A reportagem do ND+ entrou em contato com duas empresas de britagem que atuam em Gaspar.

A Britagem Barracão informou que realizou uma explosão de rochas por volta das 10h30 de sábado (8). Por sua vez, a Britagem Gaspar informou que não houve qualquer tipo de procedimento durante o fim de semana.

Britagem em Gaspar, no Vale do Itajaí – Foto: Reprodução/Britagem BarracãoBritagem em Gaspar, no Vale do Itajaí – Foto: Reprodução/Britagem Barracão

Especialista faz alerta

O geólogo Juarês Aumond afirma que a explosão de rochas pode ser a explicação para o tremor sentido por moradores da região, porém, isso significa que houve excesso de carga explosiva. Via de regra, operações como essa não causam trepidações.

Outra possível causa apontada pelo especialista seriam explosões ilegais realizadas durante a construção de empreendimentos em áreas urbanas. Segundo Aumond, essa prática põe em risco pessoas e residências e precisa ser fiscalizada pelo poder público.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Internet