Novo concurso ‘a vagina mais bonita do Brasil’ tem seis vezes mais candidatas; veja regras

Inscrições começam nesta quinta-feira (20), com prêmio de R$ 15 mil para a vencedora; veja como eleger a nova dona da vagina "mais bonita do Brasil"

A segunda edição do concurso “A vagina mais bonita do Brasil” conta com seis vezes mais vagas para participantes. A primeira edição, que ocorreu em novembro de 2021, tinha 16 vagas, neste, 100 mulheres poderão se candidatar e concorrer ao título. As inscrições começam nesta quinta-feira (20).

O concurso foi criado pela catarinense Ana Otani, de Balneário Camboriú no Litoral Norte de Santa Catarina. Após inaugurar a competição em novembro de 2021, Ana lança agora edição anual com prêmio de R$ 15 mil para a vencedora.

Ana Otani elege segunda dona da Vagina Mais Bonita do Brasil, após Maite vencer primeiro concurso – Foto: Ana Otani/ReproduçãoAna Otani elege segunda dona da Vagina Mais Bonita do Brasil, após Maite vencer primeiro concurso – Foto: Ana Otani/Reprodução

Esta segunda edição reflete o sucesso do concurso que veio como uma ideia despretensiosa, mas fez sucesso entre homens e mulheres, seja por curiosidade ou para expressar ainda mais a sexualidade.

“O primeiro concurso foi um projeto muito rápido, a ideia surgiu numa Live com meus seguidores e executamos muito rápido sem muito planejamento, um teste para ver como iria ser a repercussão. Dessa vez estamos preparando tudo certinho, com projeto, divulgação e principalmente oferecendo oportunidade para todas as meninas, a ideia principal é promover a diversidade nessa edição”, explica Ana.

Ana Otani lança concurso para descobrir e premiar a vagina mais bonita do Brasil – Foto: Reprodução internet/arquivo pessoalAna Otani lança concurso para descobrir e premiar a vagina mais bonita do Brasil – Foto: Reprodução internet/arquivo pessoal

A única regra para o concurso é não ter procedimentos estéticos na vagina. As inscrições são feitas pelo site e as fotos enviadas pelas candidatas não vão identificar as participantes, já que o sistema embaralha as fotos.

Ainda de acordo com a idealizadora do concurso, o pedido para a segunda edição veio dos seguidores que passaram a acompanhar a atual dona da “vagina mais bonita do Brasil”, a carioca Maite.

“Com o sucesso todo que tivemos foi normal essa cobrança por uma nova edição. Ainda mais depois do ensaio com a ganhadora ir para a plataforma como um presente de Natal para os assinantes. Então começamos a organização para essa nova edição com muito carinho”.

A carioca Maitê é a dona da vagina mais bonita do Brasil – Foto: Reprodução Ana Otani/NDA carioca Maitê é a dona da vagina mais bonita do Brasil – Foto: Reprodução Ana Otani/ND

Para a vencedora da primeira edição, o concurso não só alavancou a carreira como abriu muitas portas. “Foi maravilhoso, ganhei mais de 30 mil seguidores e dei entrevistas para vários jornais e sites. Isso ajudou muito nas minhas vendas. Além disso, viajei até Balneário Camboriú onde gravamos um ensaio de Natal para nossos assinantes”, destaca Maite.

Votação

A plataforma de votação das candidatas também é uma novidade, a votação para assinantes é similar ao ano passado só que em nova plataforma, os eleitores poderão votar uma vez por dia na plataforma.

De acordo com a organização do concurso, atualmente a plataforma conta com 1,6 mil assinantes ativos, a grande maioria são homens, apenas 15% são mulheres. “Mas com a primeira edição do Concurso esse número de mulheres subiu bastante, acredito que pela curiosidade”, destaca Ana.

A dona da vagina mais bonita do Brasil

Em novembro de 2021 foi revelada a primeira dona da vagina mais bonita do Brasil! O concurso criado pela catarinense Ana Otani de Balneário Camboriú elegeu a mulher com a vagina mais bonita do país.

A vencedora foi a carioca Maitê que entrou no concurso aos “45 do segundo tempo”, depois da desistência de outra candidata. Maitê recebeu 53% dos votos do público. Quem decidiu as finalistas foram os assinantes de Ana Otani.

Maitê, Anni e Lara são as finalistas do concurso a vagina mais bonita do Brasil, criado por catarinense – Foto: Reprodução/InternetMaitê, Anni e Lara são as finalistas do concurso a vagina mais bonita do Brasil, criado por catarinense – Foto: Reprodução/Internet

O lançamento foi feito em dois perfis da Ana no Instagram, quando ela começou as buscas por candidatas da vagina mais bonita do Brasil. O time de atendimento e roteiro da Ana ajudou a elencar as 16 participantes do concurso.

As 16 candidatas foram divulgadas amplamente nas redes sociais da Ana (Instagram e Youtube), mas a escolha foi feita pelos assinantes da Ana, então todos os assinantes entravam na plataforma e votavam.

Primeira eleição

Todo dia uma candidata era eliminada, até chegarem as três últimas candidatas que receberam votos até às 20h de domingo, elegendo a Maitê em primeiro lugar com 53% dos votos, Anni em segundo lugar com 28,8% dos votos e Lara em terceiro lugar com 11,9% dos votos.

Todos os dias os assinantes recebiam uma foto diferente da vagina da candidata, sem revelar de quem era a parte íntima, ou seja, os candidatos só analisavam a foto da vagina em si, até que a vencedora fosse revelada.

A carioca Maitê é a dona da vagina mais bonita do Brasil - Reprodução Ana Otani/ND
1 4
A carioca Maitê é a dona da vagina mais bonita do Brasil - Reprodução Ana Otani/ND
Segunda colocada no Concurso, Anni conquistou 28,8% dos votos - Reprodução Ana Otani/ND
2 4
Segunda colocada no Concurso, Anni conquistou 28,8% dos votos - Reprodução Ana Otani/ND
Lara foi a terceira colocada do concurso e conquistou 11,9% dos votos - Reprodução Ana Otani/ND
3 4
Lara foi a terceira colocada do concurso e conquistou 11,9% dos votos - Reprodução Ana Otani/ND
Ana Otani lança concurso para descobrir e premiar a vagina mais bonita do Brasil - Reprodução internet/arquivo pessoal
4 4
Ana Otani lança concurso para descobrir e premiar a vagina mais bonita do Brasil - Reprodução internet/arquivo pessoal

Nas redes sociais, Maitê comemorou a vitória no concurso e agradeceu aos seguidores. Ao ND+, a modelo comentou que “Foi uma felicidade enorme, apesar de todas as gurias que estavam na disputa serem lindas, poder ganhar esse concurso e saber da repercussão que o mesmo está tendo e como vai me ajudar no meu trabalho é uma satisfação enorme”.

A modelo já conhecia o trabalho de Ana na Internet e decidiu participar do concurso. “Por conhecer a Ana e saber o tamanho dela no mercado de quem produz conteúdo sensual, por ela ser famosa eu vi uma ótima oportunidade de mostrar meu trabalho e crescer principalmente nas redes sociais com a repercussão do concurso, pois todo projeto da Ana explode”, reforçou Maitê.

Leiloeira de virgindade criou concurso

Parece que ‘Miss Bumbum’ é coisa do passado. No que depender da influenciadora digital Ana Otoni, que vive em Balneário Camboriú, os concursos de beleza no Brasil estão prestes a ganhar contornos mais ousados. Literalmente.

Isso porque ela, que já escreveu contos eróticos e tentou leiloar a própria ‘virgindade’ por R$ 800 mil após se submeter a uma ninfoplastia, acaba de lançar um concurso que vai pagar R$ 5 mil para a dona da vagina mais bonita do Brasil. A final do concurso será dia 25 de novembro. As informações são da colunista Fábia Oliveira, do Portal Em Off.

Ana Otani desaparece depois de lançar concurso “vagina mais bonita do Brasil” – Foto: Reprodução Internet/NDAna Otani desaparece depois de lançar concurso “vagina mais bonita do Brasil” – Foto: Reprodução Internet/ND

“Tenho um perfil de conteúdo adulto há dois anos com fotos e vídeos sensuais e já estava ficando monótono só comigo e minhas alunas. A intenção foi dar uma esquentada na produção colocando outras ‘pepecas’  porque os assinantes já estavam cansados de ver a minha. Fiquei surpresa com a procura, ainda mais que o prêmio não é tão alto assim e já tem uma lista com nomes esperando para o próximo concurso. Vou fazer de c*”, contou ela à coluna.

Ana também detalhou as regras da competição. “A primeira etapa foi a seleção. Recebi muitas fotos das ‘pepecas’ e de todos os ângulos. Coloquei no meu perfil de conteúdo adulto e os assinantes escolheram as primeiras 16. Eu faço a pose, os closes e os ângulo diferentes, elas reproduzem direitinho e começa a votação. A cada fase, três são eliminadas”, explica ela.

Para ter acesso ao concurso, os assinantes precisam pagar um taxa mensal de R$ 69. Segundo Otani, no Instagram é possível ver o rosto e saber até algumas curiosidades sobre as candidatas.Rifa da virgindade não deu certo

Apesar do burburinho causado pelo leilão da virgindade, segundo Ana, a rifa não deu certo por caracterizar crime de exploração sexual. Na entrevista, ela relembrou o motivo de ter feito a ninfoplastia.

“Eu tinha feito a cirurgia para agradar um ex-namorado que morava em Natal. Mas recebi fotos de uma menina transando com ele. Fiquei possessa e ameacei colocar fogo no escritório dele. Acabei presa. Daí um amigo meu deu a ideia de fazer a rifa da ‘virgem mais experiente do Brasil’. Perdi a virgindade depois, e foi por amor’, finalizou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Internet

Loading...