Paolla Oliveira desmente fake news sobre virar prostituta

Atriz usou as redes sociais para demonstrar insatisfação com criação de notícia falsa: "exemplo de como tiranias agem contra cidadãos"

A atriz Paolla Oliveira, de 39 anos, usou a internet para esclarecer mentiras que foram publicadas a seu respeito. Na série de tweets feitos na última quarta-feira (15), a artista negou ter dado uma entrevista declarando que, caso Jair Bolsonaro seja reeleito à presidência em 2022, ela e outras atrizes teriam que sobreviver da prostituição.

Para Oliveira, a criação dessa notícia é uma forma de tirar a atenção do que realmente importa. “Uma mentira pode ser compartilhada mil vezes, mas ainda assim não vai se tornar verdade”, dizia um cartaz que a artista segurava enquanto posava para uma foto.

“Eu não sei porque algum foco vem parar numa pessoa como eu, mas ele vem”, se divertiu a atriz. “Temos que ser firmes cada vez mais, as mentiras não podem ser toleradas”, continuou Paolla.

Sobre ter a prostituição ligada ao seu nome, ela não poupou palavras. “A prostituição não deveria servir como forma de atacar alguém. Eu tenho muito respeito por todas as mulheres, elas estejam desempenhando a função que for, por necessidade ou por vontade”.

Atriz se irritou com notícia falsa publicada sobre ela – Foto: Redes sociais/Reprodução/NDAtriz se irritou com notícia falsa publicada sobre ela – Foto: Redes sociais/Reprodução/ND

Crítica do atual governo, ela garantiu não se deixar intimidar, mesmo após manifestações contrárias ao presidente nas redes. “A nossa liberdade não pode ser tolhida nem por uma mentira e nem pela opinião do próximo”, finalizou.

+

Internet

Loading...