Pedra preciosa que caiu do espaço é vendida por R$ 22,5 milhões

Diamante negro foi leiloado por empresa de Dubai e a suspeita é de que tenha sido formado em estrelas ou em impactos com meteoritos

Um diamante negro que caiu do céu, direto do espaço, foi vendido em um leilão milionário por R$ 22,5 milhões. A pedra tem 555,55 quilates e recebeu o nome de Enigma pela empresa Sotheby’s. A teoria mais aceita é de que a peça foi formada há bilhões de anos, na colisão de meteoritos com a Terra.

Pedra preciosa é considerada o maior diamante lapidado do mundo – Foto: Divulgação/Sotheby’sPedra preciosa é considerada o maior diamante lapidado do mundo – Foto: Divulgação/Sotheby’s

“Acredita-se que os diamantes carbonados foram formados fora da Terra, ou pelo vapor químico causado pela colisão de meteoritos com a Terra ou mesmo vindo nos próprios meteoritos”, disse Sophie Stevens, especialista em joias da Sotheby’s Dubai, em entrevista à agência Associated Press.

A venda do diamante aconteceu entre os dias 3 e 9 de fevereiro. O Enigma é considerado, pelo Guinness World Records, o maior diamante lapidado do mundo a ser leiloado. As informações são do Portal R7.

Apesar de o anúncio classificá-lo como uma pedra “interestelar”, sua origem é um mistério. Os diamantes negros são encontrados em rochas próximas à superfície da Terra. É mais comum que apareçam em países como Brasil e República Centro-Africana.

Ainda, a peça possui pequenas quantidades de hidrogênio e nitrogênio. Detalhes assim tornam a origem do diamante um mistério, mas as duas possibilidades mais aceitas são de formação em estrelas ou em impactos com meteoritos.

+

Internet

Loading...