Pescador de tainha encontra vômito de baleia e fica milionário

Trata-se de uma raridade e, quem diria, encontrada numa praia um pouco depois de uma jornada de trabalho ruim. Entenda!

Um pescador de tainha da Tailândia achou que teria um dia ruim quando o tempo virou e foi obrigado tocar o barco para a praia, sem pegar nada. No entanto, enquanto empurrava o barco para a doca, percebeu uma forma branca no meio das ondas, em direção à praia. Chalermchai Mahapan encontrou um pedaço de vômito de baleia, avaliado em até R$ 1,2 milhão.

Chalermchai Mahapan, de apenas 22 anos, ficou rico de dar nojo – Foto: ReproduçãoChalermchai Mahapan, de apenas 22 anos, ficou rico de dar nojo – Foto: Reprodução

Esse vômito de baleia, fruto de indigestão da espécie cachalote, vale uma fortuna para a indústria de cosméticos. Possui uma substância utilizada como fixador de perfumes. Chalermchai Mahapan, assim como a mudança de tempo, de uma hora para outra, ficou milionário. É um evento raro de encontrar, mas houve caso parecido em 2019 com um catador de lixo.

“Eu não tinha ideia do que era essa coisa até que perguntei aos aldeões idosos aqui que me informaram sobre o âmbar gris”, disse Mahapan ao Daily Mail.

Uma amostra da pedra foi enviada a um laboratório, que confirmou a composição da matéria. “Sinto-me muito sortudo por tê-lo encontrado”, celebrou o agora milionário Mahapan.

+

Internet

Loading...