Selfies mortais: levantamento mostra casos mais comuns por países; relembre em fotos

Site de fotografia tem plataforma atualizada de pessoas que morreram enquanto tiravam selfies em todo o mundo

Um levantamento feito pelo site internacional de fotografia Inkifi, intitulado “Danger Selfies” (selfies perigosas, em tradução livre), traz um mapa detalhado de pessoas que morreram enquanto tiravam fotos em todo o mundo.

Conforme a pesquisa, que recebe atualizações na plataforma, em dez anos ao menos 330 pessoas morreram no mundo enquanto tiravam selfies. Os países líderes de acidentes são Índia (176 mortes), Estados Unidos (26) e Rússia (19).

No Brasil foram contabilizadas sete mortes, todas por quedas:

  • Duas em cachoeiras – Uma mulher de 25 anos caiu em Ibitipoca (MG), e outra de 32 anos em Campos dos Goytacazes (RJ).
  • Uma em penhasco – Um homem de 27 anos caiu na localidade do Cantão do Indaiá, em Bertioga (SP).
  • Três em ponte – Um grupo de três meninas, de 15, 16 e 22 anos, caiu de uma ponte na localidade de Castelo do Piauí, no Piauí. A plataforma em que estavam rompeu e sofreram queda de 10 metros.
  • Uma em lago – Um homem de 34 anos se afogou em Caldas Novas (GO) após cair de uma estrutura onde tirava a selfie.

Relembre abaixo em fotos casos de selfies mortais que registraram os últimos momentos das vítimas.

Carmen Greenway, de 41 anos, morreu enquanto tirava uma selfie pedalando. Sem capacete, ela se desequilibrou e sofreu traumatismo craniano. O acidente ocorreu em Londres, na Inglaterra, durante a foto acima. - Reprodução/The Sun
1 3

Carmen Greenway, de 41 anos, morreu enquanto tirava uma selfie pedalando. Sem capacete, ela se desequilibrou e sofreu traumatismo craniano. O acidente ocorreu em Londres, na Inglaterra, durante a foto acima. - Reprodução/The Sun

A guia turística turca Olesya Suspitsyna, de 31 anos, morreu após uma queda de 35 metros em uma área de cachoeiras na Antalia. O caso ocorreu em 2020, quando a mulher decidiu viajar para comemorar o fim da quarentena pela Covid-19. Olesya cruzou a grade de segurança e caiu enquanto posava para foto. - Reprodução/The Sun
2 3

A guia turística turca Olesya Suspitsyna, de 31 anos, morreu após uma queda de 35 metros em uma área de cachoeiras na Antalia. O caso ocorreu em 2020, quando a mulher decidiu viajar para comemorar o fim da quarentena pela Covid-19. Olesya cruzou a grade de segurança e caiu enquanto posava para foto. - Reprodução/The Sun

Três membros da mesma família morreram afogados ao tentar tirar uma selfie em um lago profundo. Eles colocaram a câmera na beira da água para posar, mas acabaram afundando. O caso ocorreu em Gauridham Kund, na Índia.  - Reprodução/The Sun
3 3

Três membros da mesma família morreram afogados ao tentar tirar uma selfie em um lago profundo. Eles colocaram a câmera na beira da água para posar, mas acabaram afundando. O caso ocorreu em Gauridham Kund, na Índia.  - Reprodução/The Sun

+

Internet