Tiago Abravanel movimenta web após rebater falas homofóbicas da tia; entenda a polêmica

Ator gravou um vídeo em suas redes sociais nesta terça (1º) explicando o episódio e pediu respeito

O cantor e ator Tiago Abravanel rebateu nesta terça-feira (1º), através de suas redes sociais, um comentário feito por sua tia, Patrícia Abravanel, durante o programa Vem Pra Cá exibido pelo SBT.

Na oportunidade, ela defendeu maior compreensão dos gays a pessoas, chamadas por ela, de “conservadoras” e debochou da sigla LGBTQIA+. As informações são do site Marie Claire.

Tiago Abravanel gravou um vídeo em suas redes sociais explicando a polêmica – Foto: Reprodução/ InstagramTiago Abravanel gravou um vídeo em suas redes sociais explicando a polêmica – Foto: Reprodução/ Instagram

“Vamos falar sobre um assunto delicado. Hoje minha tia, a Patrícia Abravanel, fez um comentário no programa que me pegou de um jeito que não ficou legal. O comentário que ela fez foi em cima de um ocorrido com a Rafa Kalimann e o Caio Castro antes de ontem. Eles postaram um vídeo de um pastor falando que não concordava com o casamento gay, mas que respeitava. Isso gerou algumas retratações deles e aí, a Patrícia e o Gabriel Cartolano comentaram”, explicou.

Tiago procurou manifestar o que sentiu enquanto assistia o programa e deixou claro que orientação sexual não é questão de opinião e sim de respeito.

“Eu resolvi fazer esse vídeo, porque eu acho que assim como ela falou ao vivo o que ela pensa, eu acho que eu também preciso falar o que eu penso aqui nas minhas redes. Tentar falar para você, tia, o como eu me senti assistindo, tá? Eu acho que em primeiro lugar, orientação sexual não é uma questão de opinião. É uma questão de respeito. Você não precisa ser como eu, mas precisa respeitar quem eu sou e ponto final”.

Ato homofóbico

Na sequência, o cantor, apresentador e ator disse que orientação sexual não é da opinião de ninguém, apenas de quem escolheu ser o que é. E quando se opina em cima disso, é um ato homofóbico.

“Opinar, você opina se uma roupa é bonita ou feia para você. Se você quer café ou chá ou se você gosta de doce ou salgado. A orientação sexual não é da opinião de ninguém. A não ser da pessoa que escolheu ser aquilo que ela é. Escolheu não. Ela nasceu assim, então, não é uma questão de opinião. Ponto. Quando se opina em relação a isso… Esse é um ato homofóbico. “, frisou.

O artista ganhou apoio dos fãs nos comentários. “Respeito a todos, todas as pessoas, formas, origens, crenças etc…. O foco de todos tem e deve ser o respeito”, escreveu um deles. “Parabéns pela fala”, elogiou outro. “Homi tu disse foi TUUUUDOOOOO!!!! Por mais pessoas que nem você no mundo por favor”, pediu uma terceira.

+

Internet