VÍDEO: Assalto durante culto religioso termina em morte

Dois homens tentaram roubar pessoas que estavam rezando em um monte; porém, após o líder religioso orar para que eles não fizessem aquilo, um deles caiu morto no chão

Um homem morreu após tentar assaltar um grupo de religiosos na noite deste sábado (5). O caso aconteceu em um monte, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. As informações são do portal Ricmais.

Caso viralizou nas redes sociais neste fim de semana – Foto: Reprodução/RicmaisCaso viralizou nas redes sociais neste fim de semana – Foto: Reprodução/Ricmais

De acordo com a PM (Polícia Militar), os dois suspeitos abordaram quatro homens que oravam em um monte. O suspeito que morreu portava um facão e uma réplica de revólver.

Enquanto o assalto era anunciado, o líder religioso do grupo fez uma oração para os suspeitos. Um deles, segundo a PM, teve um mal súbito e morreu na hora.

Em um vídeo gravado por um dos fiéis, é possível ver que o outro suspeito se arrepende e, após várias orações, se ajoelha. O líder religioso, afirma que ele está perdoado.

“Nós perdoamos você. Nós ‘é’ homem de Deus, nós não ‘é’ ‘moleque’, varão”. Eu sou das Forças Armadas, mas eu sou homem de Deus. Se nós não ‘fosse’ homem de Deus, nós ‘ía’ fazer o mal pra vocês. Mas, aqui, olha pra mim. Eu amo sua vida, eu amo sua alma. Dá um abraço aqui, ‘sô’”.

Veja o vídeo:

A polícia foi chamada ao local pelo líder reliogoso e por outros fiéis. Os agentes e a perícia foram até o local, e o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Betim, também na Região Metropolitana de BH.

Mais adiante, o líder do grupo conta aos policiais e a uma pequena plateia como ocorreu o fato:

“Estava na barraca, fico quietinho, no espírito. Aí, eu já suspeitei. Falei para os meus obreiros: ‘Esses jovens aí ‘não é’ crente, não’. […] Aí eles já apontaram a arma em direção da barraca e ‘falou’: ‘deita, deita, deita, nós só queremos o celular’. […] Eu pensei, ‘meu Deus do céu, e agora? Acabei de comprar esse celular.’. Aí eu estendi a mão, usei a fé. Falei: ‘jovem, Jesus te ama, não faça isso. Nós somos homens de Deus.’ Na hora, ele virou o olho e caiu para trás”.

A equipe da perícia técnica da Polícia Civil esteve no local da morte para realização dos primeiros levantamentos. As investigações estão em andamento para identificação e prisão do segundo suspeito do roubo.

+

Internet