VÍDEO: Mulher dá desculpa inusitada para faltar a júri de serial killer: ‘ver meu sugar daddy’

A juíza responsável pela seleção do júri chegou a ficar sem reação ao ouvir os motivos dados pela mulher

Uma mulher, candidata a júri do caso Nikolas Cruz, atirador que matou 17 pessoas no estacionamento de uma escola dos Estados Unidos, deixou a juíza do caso perplexa. A candidata alegou que precisava faltar alguns dias no julgamento para atender ao seu “sugar daddy”.

Juíza fica perplexa ao ouvir desculpa dada pela candidata ao júri – Foto: Reprodução/Internet/NDJuíza fica perplexa ao ouvir desculpa dada pela candidata ao júri – Foto: Reprodução/Internet/ND

A cena aconteceu no dia 6 de abril e foi toda gravada. A juíza Elizabeth Scherer, responsável pela seleção do júri, chegou a ficar sem reação ao ouvir os motivos dados pela mulher.

As imagens mostram somente a juíza, mas é possível ouvir claramente a voz da candidata que lista os dias que não poderia comparecer ao julgamento para definir a sentença de morte do atirador. “2 de julho é o meu aniversário, 4 de julho do meu filho e 18 de julho do meu outro filho. Além disso eu tenho outra coisa para fazer, tenho o meu sugar daddy, vejo ele todos os dias”, afirma a mulher, identificada apenas como Bristol.

A juíza Scherer, perplexa, ainda indaga novamente a mulher: “Desculpe, como é?”. E Bristol complementa: “Sou casada e tenho meu sugar daddy. Eu vejo ele todos os dias”, finalizou. Após a desculpa inusitada a juíza concluí agradecendo a candidata. Bristol, no final, acabou dispensada.

Assista ao momento que a mulher deu a desculpa inusitada:

Juíza fica perplexa ao ouvir desculpa dada pela candidata ao júri – Vídeo: Reprodução/Internet/ND

+

Internet

Loading...