Yasmin Brunet vai processar mãe de Gabriel Medina após suposto vídeo íntimo; entenda

Em mensagem enviada ao filho, Simone Medina comparou nora a atriz pornô ao dizer que recebeu vídeo dela "fazendo chupeta"

Yasmin Brunet vai processar a sogra, Simone Medina, após ela dizer que possui vídeos íntimos da modelo e esposa do surfista Gabriel Medina enquanto era menor de idade.

Yasmin Brunet vai processar mãe de Gabriel Medina após suposto vídeo íntimo – Foto: Gabriel Nakamura/Reprodução/InternetYasmin Brunet vai processar mãe de Gabriel Medina após suposto vídeo íntimo – Foto: Gabriel Nakamura/Reprodução/Internet

Em mensagem enviada ao filho, Simone relata que recebeu um suposto vídeo íntimo de Yasmin e detalhou o conteúdo.

Após este último ataque, Gabriel decidiu bloquear a mãe em todas as redes sociais e aplicativos de mensagens. Nesta última conversa, Simone não poupou ataques e ofensas à nora e chegou a comparar Yasmin Brunet com uma atriz de filmes pornô.

“Até do seu julgamento eu tenho pena. Tenho pena de sua pobreza de espírito. Sua esposa e a mãe dela são muito decentes: Filme pornô, aborto, relacionamento homossexual. Quem é que são vocês? Podres”, disparou a mãe de Gabriel em print divulgado pelo colunista Léo Dias.

Não satisfeita com os ataques citados acima, a mãe do tricampeão mundial informa ao filho que teria um vídeo explícito de Yasmin Brunet fazendo sexo oral em um homem.

“Ah, me esqueci. Recebi um vídeo da Yasmin fazendo uma chupeta. Tenho até vergonha de reproduzir a palavra. Ela estava bem louca em uma festa no condomínio dela no Rio. Novinha! Bêbada, no estacionamento, fazendo isso num cara e depois vomitando”, continuou ela na mensagem.

Simone terminou as ofensas dizendo que Gabriel não teria honra para falar sobre o passado de Yasmin e afirma que ele deveria se preocupar mais em crescer de verdade [como homem e profissional] ao invés de ficar defendendo a namorada e a sogra.

Por conter supostas imagens de Yasmin ainda menor de idade, Simone pode responder por pornografia infantil, calúnia e difamação.

Acordo judicial e venda milionária

O racha entre a família Medina já teria chegado antes à Justiça, com divisão de bens. Isso porque a matriarca teria movido um processo contra o filho e, como resultado, ficou com o prédio do Instituto Gabriel Medina, pelo qual pede R$ 8 milhões.

De acordo com o colunista Demétrio Vecchioli, do portal UOL, tudo teria começado após Medina cortar um repasse mensal para a mãe e o padrasto, Charles Saldanha, de R$ 295 mil para R$ 200 mil. Saiba mais sobre o caso aqui.

+

Internet

Loading...