Leilão da Justiça tem joias, relógios e bolsas de luxo apreendidas do tráfico de drogas

O leilão das 37 joias e bolsas de luxo acontece de forma online, com lances iniciais equivalentes a 80% do valor original dos itens

O Ministério da Justiça e Segurança Pública leiloa, até dia 31 de março, 37 itens de luxo apreendidos do tráfico internacional de drogas pela Polícia Federal durante a Operação Antigoon, através da fiscalização de contêineres dos portos do Rio de Janeiro, São Paulo e do Espírito Santo – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND
1 5

O Ministério da Justiça e Segurança Pública leiloa, até dia 31 de março, 37 itens de luxo apreendidos do tráfico internacional de drogas pela Polícia Federal durante a Operação Antigoon, através da fiscalização de contêineres dos portos do Rio de Janeiro, São Paulo e do Espírito Santo – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND

O leilão de joias, relógios e bolsas de luxo é totalmente online e feito pelo site. Caso todos os itens não sejam arrematados na primeira data, o leilão será estendido até o dia 7 de abril, com lances iniciais equivalentes a 80% do valor do bem. Informações sobre como participar estão disponíveis no site do governo. – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND
2 5

O leilão de joias, relógios e bolsas de luxo é totalmente online e feito pelo site. Caso todos os itens não sejam arrematados na primeira data, o leilão será estendido até o dia 7 de abril, com lances iniciais equivalentes a 80% do valor do bem. Informações sobre como participar estão disponíveis no site do governo. – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND

O recurso será destinado ao Fundo Nacional Antidrogas e também às polícias dos Estados que efetuaram a apreensão dos bens, com até 40% do valor arrecadado – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND
3 5

O recurso será destinado ao Fundo Nacional Antidrogas e também às polícias dos Estados que efetuaram a apreensão dos bens, com até 40% do valor arrecadado – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND

Esse é o décimo leilão realizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no Rio de Janeiro, desde 2020, resultando na arrecadação de mais de R$ 6 milhões aos cofres públicos. Em julho do ano passado, foram leiloados diamantes, barras de ouro e uma fazenda, relacionados ao processo que envolve o ex-governador Sérgio Cabral – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND
4 5

Esse é o décimo leilão realizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no Rio de Janeiro, desde 2020, resultando na arrecadação de mais de R$ 6 milhões aos cofres públicos. Em julho do ano passado, foram leiloados diamantes, barras de ouro e uma fazenda, relacionados ao processo que envolve o ex-governador Sérgio Cabral – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND

As peças, que estão no Rio de Janeiro, têm lances iniciais entre R$ 200 e R$ 10 mil – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND
5 5

As peças, que estão no Rio de Janeiro, têm lances iniciais entre R$ 200 e R$ 10 mil – Foto: Ministério da Justiça/Divulgação/ND

+

Justiça Brasileira