Moacir Pereira

moacir.pereira@ndmais.com.br Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Ministro ativista faz palestra em Santa Catarina

Luiz Roberto Barroso vem ao Estado a convite da Procuradoria Geral do Estado

O ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, um dos acusados de ativismo ideológico, confirmou presença hoje em Santa Catarina.  Um forte esquema de segurança foi montado esta semana para proteção do magistrado.

Barroso foi o relator do processo sobre roaylties do petróleo em SC – Foto: DivulgaçãoBarroso foi o relator do processo sobre roaylties do petróleo em SC – Foto: Divulgação

Convidado pela Procuradoria Geral do Estado, falará no Centro Integrado de Cultura às 11 horas, em comemoração aos 40 anos da entidade.  Logo em seguida, pelo sistema virtual, haverá a palestra da ministra Carmen Lúcia.

O ministro Barroso tem sido alvo de protestos e críticas as mais veementes por suas declarações politicas e pelo conhecido ativismo judicial.  Como magistrado, interferiu diretamente na votação da PEC 135/2019, que previa a adoção do voto impresso auditável.

Nada a ver com a volta da cédula de papel e contagem manual pública, como acusou o ministro em Oxford, sendo contestado três vezes de cometer “mentira” por uma brasileira presente.

Há dois anos, quando presidia o TSE, o ministro Barroso tomou uma decisão inexplicável que mereceu muitas críticas, inclusive, dos magistrados da Justiça Eleitoral.  Ele determinou a centralização dos votos de todo o país, em Brasilia, no TSE, onde inexiste transparência do processo.  Cancelou a tradição de totalização nos Tribunais Regionais.

O presidente do TRE-SC, desembargador Fernando Carioni, foi um dos que se insurgiram contra a absurda centralização, formalizando apelo ao presidente do TSE para que revogasse a decisão. Não foi atendido.

No final da semana passada, grupos de mulheres e lideranças políticas e empresariais fizeram um veemente protesto em Gramado contra a presença do ministros Dias Tófoli e Carmen Lúcia.  Ambos cancelaram as palestra que ali fariam na Jornada Internacional de Direito e no Congresso de Direito de Família do Mercosul.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...