Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Ministro do STF faz acusação sobre conduta do ex-juiz Sergio Moro e de Deltan Dallagnol

Gilmar Mendes, que votou pela parcialidade do ex-juiz que decidiu os casos da Operação Lava Jato, coordenada pelo ex-procurador da força-tarefa, Deltan Dallagnol, disse que ambos estão no lugar certo

Crítico dos métodos lavajatistas e autor de um dos votos que contribuiu para declarar a parcialidade de Sérgio Moro ao julgar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ministro Gilmar Mendes afirmou nesta segunda-feira (15) que Moro e o ex-coordenador da força-tarefa em Curitiba, Deltan Dallagnol, já faziam “militância política”.

Então ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro – Foto: Anderson Riedel/Divulgação/NDEntão ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro – Foto: Anderson Riedel/Divulgação/ND

“Eu acho que quem quer fazer militância política deve fazê-lo nos partidos políticos. Se eles já faziam antes militância política, estão fazendo apenas uma correção de rumos, filiando-se a um partido e jogando no campo certo. Acho que isso que é o correto”, disse.

Moro está filiado ao Podemos e deve concorrer ao Palácio do Planalto enquanto que Dallagnol deve tentar a eleição à Câmara dos Deputados.

Com reportagem de Rayssa Motta e Fausto Macedo do Estadão Conteúdo

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...