Acusado de matar homem com seis tiros a queima-roupa é condenado em Blumenau

A pena aplicada foi de 14 anos de reclusão, em regime fechado

O Tribunal de Justiça da Comarca de Blumenau condenou na última sexta-feira (6) um homem pela execução de outro na cidade. Ademar Bublitz deve pegar 14 anos de prisão por matar com seis tiros na cabeça um homem após uma discussão ocorrida em 2019.

Fórum de Justiça de Blumenau – Foto: Divulgação/TJSC/NDFórum de Justiça de Blumenau – Foto: Divulgação/TJSC/ND

O réu foi acusado pelo crime de homicídio qualificado, após denúncia apresentada pelo MPSC (Ministério Público de Santa Catarina). A pena aplicada foi de 14 anos de reclusão, em regime inicial fechado.

A condenação é passível de recurso. Porém, o acusado que cumpre prisão preventiva desde o início das investigações, não poderá apelar da sentença em liberdade.

O crime

O assassinato ocorreu no dia 23 de fevereiro de 2019 no bairro Valparaíso, em Blumenau. Ademar chegou ao local do crime em uma motocicleta e iniciou uma discussão com um dos homens presentes. Na sequência, o réu sacou uma arma e atirou na cabeça da vítima. Em seguida, com o homem já caído, o acusado disparou outras cinco vezes no rosto do homem.

Ademar, que também teria envolvimento com o tráfico de drogas foi preso de forma preventiva e desde então aguarda julgamento. O réu foi condenado por homicídio qualificado por ter sido praticado de forma a dificultar a defesa da vítima.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...