Acusados de estupro coletivo em SC, ex-integrantes da banda de Dilsinho prestam depoimento

Vítima prestou depoimento na quinta-feira (25) e acusados serão ouvidos nesta sexta-feira (26)

Dois anos se passaram desde que uma jovem moradora de Chapecó denunciou à polícia o estupro coletivo sofrido após um show do cantor Dilsinho, no Oeste de Santa Catarina. Dois integrantes da banda do famoso pagodeiro foram indiciados pelo delegado Estevão Vieira Diniz Pinto por estupro de vulnerável e encaminhou o caso ao Ministério Público no dia 23 de outubro de 2020, quase um ano após o crime, que aconteceu em novembro de 2019.

Depoimentos da vítima e dos pais foram prestados no Fórum de Chapecó – Foto: Elizandra Gomes/ NCI Chapecó/DivulgaçãoDepoimentos da vítima e dos pais foram prestados no Fórum de Chapecó – Foto: Elizandra Gomes/ NCI Chapecó/Divulgação

No entanto, o caso se arrastou e os dois, agora ex-integrantes da banda, sequer haviam sido ouvidos. Mas, a situação mudou nesta semana.

André Luiz Bezerra e Paulo Xavier Goulart Junior não haviam sido encontrados em quase um ano de investigação, mas nesta sexta-feira (26), prestam depoimento, mais de dois anos após aquela noite de 3 de novembro de 2019.

Na quinta-feira (25), a vítima, que à época teria sido dopada para que o estupro fosse realizado, prestou depoimento no Fórum de Chapecó.  Além dela, os pais, uma das amigas, um funcionário do hotel e o médico legista foram ouvidos pela Justiça. Nesta sexta-feira é a vez dos acusados serem ouvidos, assim como outras testemunhas.

O crime aconteceu após um show de Dilsinho no Parque da Efapi. A vítima e as amigas foram convidadas para o camarim da banda e, de lá, foram para um hotel, no Centro da cidade, onde tudo aconteceu.

Ela teria sido dopada dentro do camarim, quando consumiu bebidas oferecidas pela equipe do cantor. No dia seguinte, ela procurou a polícia e iniciou todos os procedimentos médicos, tratamentos que se arrastaram por meses.

Os dois acusados trabalhavam como músico e iluminador da banda.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...