Assaltantes de banco são condenados a mais de 263 anos de prisão em SC

Quadrilha roubou banco no Vale do Itajaí no final de 2019 e, dos nove condenados, oito já estão presos

Foram condenados nesta sexta-feira (30) nove pessoas acusadas de assaltar uma agência do banco Bradesco em Apiúna, no Médio Vale do Itajaí. Todas as penas, somadas, ultrapassam 263 anos de prisão.

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão – Foto: Divulgação/Polícia CivilNove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão – Foto: Divulgação/Polícia Civil

Os condenados foram investigados na “Operação Saque-recusado”, deflagrada pela Polícia Civil de Ascurra, com o apoio da Delegacia de Indaial, das DICs (Divisões de Investigação Criminal) de Blumenau e Chapecó, além do SAER-Fron (Serviço Aeropolicial de Fronteira) e do DEAP.

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão – Foto: Divulgação/Polícia CivilNove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão – Foto: Divulgação/Polícia Civil

As investigações conseguiram detalhar e comprovar a participação de cada um no roubo contra uma agência do banco Bradesco em Apiúna. O crime ocorreu em 17 de dezembro de 2019.

Os investigados foram condenados as seguintes penas:

  • M.S condenado a 46 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado;
  • D.R condenado a 45 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado;
  • Z.F condenado a 38 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado;
  • T.M .O condenado a 32 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado;
  • V.M.N condenado a 23 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado;
  • J.H.K condenado a 23 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado;
  • I.N.C condenado a 27 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado;
  • A.P condenado a 28 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado e;
  • P.V.R.C condenado a 1 ano de reclusão, inicialmente em regime aberto.

Todos os condenados estão presos em diversas cadeias de várias cidades do país, inclusive em prisões federais. A exceção é do condenado P.V.R.C, que está em liberdade provisória por ter sido considerado com uma participação menor no crime.

Veja mais imagens da Operação Saque Recusado, que terminou com a condenação dos bandidos a 263 anos de prisão:

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão - Divulgação/Polícia Civil
1 4

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão - Divulgação/Polícia Civil

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão - Divulgação/Polícia Civil
2 4

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão - Divulgação/Polícia Civil

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão - Divulgação/Polícia Civil
3 4

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão - Divulgação/Polícia Civil

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão - Divulgação/Polícia Civil
4 4

Nove bandidos identificados na Operação Saque Recusado foram condenados a mais de 263 anos de prisão - Divulgação/Polícia Civil

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC