Blumenau tem 45 crianças adotadas durante a pandemia do coronavírus

A maioria das crianças que ganharam um lar tem entre 3 e 12 anos de idade, segundo o Poder Judiciário

Um número para comemorar: 45 crianças e adolescentes que estavam a espera de um lar em abrigos de Blumenau, no Vale do Itajaí, foram adotados durante o período de pandemia do novo coronavírus.

De janeiro a março deste ano, a comarca havia registrado apenas cinco adoções. Porém, durante o isolamento social, houve um salto. Foi possível encontrar famílias para grupos de irmãos, recém-nascidos, gêmeos e um bebê com Síndrome de Down.

Imagem da sombra de uma criança de mãos dadas com um adulto. Ao fundo uma parede braca com várias marcas de mãos de crianças coloridasBlumenau tem 45 crianças adotadas durante a pandemia do coronavírus – Foto: Pixabay

A faixa etária com mais adoções foi a de três anos a 12 anos, totalizando 23 dos 45 processos. Para a juíza Simone Faria Locks, da Vara da Infância e Juventude de Blumenau, o resultado positivo reflete o empenho da equipe.

“As ações de destituição do poder familiar não pararam, fizemos audiências pela plataforma do Tribunal de Justiça e as crianças foram encaminhadas para adoção. As assistentes sociais fizeram a aproximação de forma remota e a atenção absoluta para a unidade resultou neste número de adoções”, afirma a magistrada.

Faixa etária das adoções​

0 a 1 ano = 4 adoções

De 1 a 3 anos = 14 adoções

De 3 anos a 12 anos =  23 adoções

Mais de 12 anos = 4 adoções

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...