Casal que matou desafeto do filho por causa de R$ 150 em Braço do Norte é condenado

Julgamento durou mais de 12 horas e eles foram condenados a 18 anos e oito meses de prisão

Um casal foi condenado nessa quarta-feira (1º) por matar a facadas em janeiro deste ano um desafeto do filho adolescente em Braço do Norte, no Sul catarinense. Na época, a vítima tinha 33 anos e residia no município.

Casal que matou desafeto do filho em Braço do Norte é condenado – Foto: Divulgação/MPSC/NDCasal que matou desafeto do filho em Braço do Norte é condenado – Foto: Divulgação/MPSC/ND

O julgamento durou 12 horas e tanto a mãe quanto o padrasto foram condenados a 18 anos e oito meses de prisão pelo homicídio.

Segundo a Justiça, um dia antes do crime o filho adolescente do casal havia se envolvido numa discussão com a vítima por conta de uma dívida no valor de R$ 150.

A situação teria motivado no dia seguinte o assassinato. De acordo com Justiça, a prova mais contundente foi um vídeo gravado pelos próprios acusados.

No curso do processo, a defesa da mulher até chegou a solicitar um exame de insanidade mental, enquanto a defesa do réu requereu um exame de dependência toxicológica.

Os pedidos foram deferidos, mas o laudo psiquiátrico e o laudo de dependência toxicológica atestaram que os autores do crime eram “plenamente capaz de entender os fatos, e plenamente capaz de se determinar de acordo com esse entendimento”.

Ambos, então, foram condenados 18 anos e oito meses de prisão em regime fechado. A sentença é passível de recurso, mas os réus, presos preventivamente, não terão o direito de recorrer em liberdade.

+

Justiça SC

Loading...