Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Cidadão de 23 anos tentou usar coronavírus como álibi para deixar a cadeia

Desembargador catarinense confirmou a decisão em primeiro grau de Blumenau e manteve condenado por crime violento em regime semi-aberto

Um desembargador catarinense afirmou que a pandemia do coronavírus não pode servir de álibi para soltar presos indistintamente.

Em análise, o caso de um homem condenado há cinco anos de prisão por roubo. O cidadão – de 23 anos, sem problema de saúde e que cumpre pena por crime violento – queria avançar do semi-aberto para a prisão domiciliar por considerar “propício para a disseminação da Covid-19” a unidade penitenciária que está recluso, em Blumenau.

Relator do recurso no TJ-SC (Tribunal de Justiça), o desembargador Sérgio Rizelo teve o voto foi acompanhado por unanimidade na 2ª Câmara Criminal.

Fórum de Blumenau – Foto: Divulgação/NDFórum de Blumenau – Foto: Divulgação/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...