Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Comcap: Justiça determina bloqueio de R$ 600 mil de sindicato de Florianópolis

Desembargador Júlio César Knoll também autorizou o desconto salarial dos empregados que não estão trabalhando

TJSC aumentou bloqueio das contas do Sintrasem por conta da desobediência às ordens judiciais  – Foto: Reprodução/TwitterTJSC aumentou bloqueio das contas do Sintrasem por conta da desobediência às ordens judiciais  – Foto: Reprodução/Twitter

Diante da reiterada desobediência às determinações judiciais,
O desembargador Júlio César Knoll, do TJSC, determinou nesta segunda-feira (25) o imediato bloqueio de R$ 600 mil das contas do Sintrasem (Sindicato dos Trabalhadores Municipais) por conta da reiterada desobediência às determinações judiciais.

“Não é aceitável que se use de uma greve ilegal para coagir a Municipalidade a diligenciar o abandono da reforma administrativa e intimidar a população quanto aos efeitos dessa paralisação”, afirmou o magistrado no despacho.

Na decisão, ele também autorizou o município de Florianópolis a efetuar os descontos nos salários dos grevistas. A Polícia Militar também deverá fazer a escolta dos caminhões da coleta de lixo da empresa privada que está atuando emergencialmente na cidade, devido aos atos de depredação ocorridos nas últimas madrugadas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.