Conselho do MP julga investigação do caso dos respiradores e pode definir futuro de Moisés

Se a 3ª Turma Revisora do Conselho for contrária ao arquivamento do processo, o governador afastado voltará a ser investigado

O Conselho Superior do MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) irá revisar a investigação contra o governador afastado Carlos Moisés (PSL) sobre a compra dos 200 respiradores nesta terça-feira (4). O julgamento ocorre às 14h.

Em julgamento do Conselho Superior do MPSC, futuro de Moisés poderá ser decidido nesta terça-feira (4) – Foto: Mauricio Vieira/ SecomEm julgamento do Conselho Superior do MPSC, futuro de Moisés poderá ser decidido nesta terça-feira (4) – Foto: Mauricio Vieira/ Secom

O processo havia sido arquivado pelo Procurador-Geral de Justiça Fernando Comin, em janeiro. A revisão é de praxe e será realizada três dias antes do julgamento do impeachment do governador sobre o mesmo caso, marcado pelo desembargador Ricardo Roessler, para esta sexta-feira (7), a partir das 9h.

A conselheira relatora, Lenir Roslindo Piffer, deve dar seu voto nesta terça. O colegiado é integrado por três titulares.

Caso o Conselho Superior confirme a isenção do governador Moisés, poderá oferecer argumentos à defesa no julgamento da próxima sexta-feira. Já se a 3ª Turma Revisora do Conselho ser contra o arquivamento do processo, Moisés voltará a ser investigado.

A defesa do governador Moisés foi procurada pela reportagem na manhã desta terça-feira, mas não retornou até a publicação.

+

Justiça SC