Detento que matou colega em Joinville é condenado e penas superam 80 anos de prisão

Pena por homicídio foi de 18 anos, mas detento já cumpria 65 anos por condenações anteriores

O julgamento de Kriverson Carvalho Fernandes durou menos de seis horas na tarde desta terça-feira (9), em Joinville, no Norte de Santa Catarina. Acusado de matar um colega de cela em outubro de 2018, ele foi condenado a 18 anos de prisão. Porém, a condenação somada às penas que ele já cumpria somam 83 anos.

O crime aconteceu dentro do Presídio Regional de Joinville e, de acordo com a denúncia do Ministério Público, ele estrangulou a vítima com um cordão e, depois, usou uma ponteira de metal para golpeá-lo diversas vezes.

Kriverson foi condenado por homicídio qualificado por dificultar a defesa da vítima e por motivo torpe. O crime teria sido motivado por uma suposta traição da vítima à facção criminosa que fazem parte.

Após o julgamento ele foi reconduzido ao Presídio Regional de Joinville.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Justiça SC