Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


ENTREVISTA: Presidente eleito do TJ-SC fala em “fazer Justiça” e ampliar programas sociais

Atual vice-presidente do Tribunal de Justiça, João Henrique Blasi assume o cargo de chefe do Poder Judiciário em fevereiro para o biênio 2022-2014

Desembargador que já foi deputado estadual e secretário de Estado, Blasi assume o Tribunal de Justiça em fevereiro, com foco em “fazer Justiça” e ampliar programas sociais. Veja trechos da entrevista que concedeu a Márcia Dutra, no SC no Ar, da NDTV.

João Henrique Blasi, presidente eleito do TJ-SC

Vitória eleitoral

Estou muito agradecido pelo reconhecimento dos meus colegas, pelo reconhecimento dos juízes de primeiro grau, que fizeram uma votação simbólica e tive a honra de merecer o reconhecimento da maioria deles. Temos a exata noção do nível de responsabilidade que nos aguarda à frente do Poder Judiciário.

Experiência política

Cada fase da vida, cada experiência que se acumula, é muito importante para que a gente possa ir conhecendo melhor a realidade e poder enfrentar mais adequadamente os desafios que nos são postos. Em cada uma dessas etapas, eu obtive o nível de conhecimento, de relacionamento interinstitucional, que acredito será muito importante para que, na condição de chefe do Poder Judiciário, possa trabalhar, junto com os colegas magistrados, com os dedicados servidores do Poder Judiciário, para que nós possamos fazer Justiça. E o que fazer Justiça? É, basicamente, dar a cada um aquilo que é seu.

Programas sociais

Além da face principal do Poder Judiciário, que é fazer Justiça, nós temos alguns programas de grande alcance social. E eu quero ampliar, dada a dimensão que eles têm. Por exemplo, o programa Novos Caminhos, feito em parceria com a Federação das Indústrias, através do qual jovens egressos de casas de acolhimento encontram possibilidade profissional. O programa de combate à violência doméstica, algo que, lamentavelmente, tem aumentado em termos estatísticos, não só em Santa Catarina, mas no Brasil como um todo. O programa Lar Legal, implantado há mais de 20 anos e que consiste em fazer processos rápidos, beneficiando pessoas de baixo poder aquisitivo, dando a elas a regularização fundiária de imóvel no qual eles moram há muitos anos, para que possam ter um documento de cidadania.

Pandemia

Num primeiro momento, suspendemos o atendimento presencial, mas logo em seguida resgatamos, através do sistema de rodízio. Algo que é essencial, como o Judiciário, não pode parar. Introduzimos videoconferências para realizar as audiências judiciais e as sessões do Tribunal. Ao longo desse período, o Poder Judiciário de Santa Catarina se notabilizou pela superlativa produtividade, graças ao empenho dos magistrados e dos servidores.

Vacinação

Fundamental. A vacinação, antes de ser um direito pessoal, é um dever coletivo. Já está cientificamente comprovado que a pessoa vacinada tem menos possibilidade de contrair a doença. Se contrair, os efeitos são muito menores em relação àqueles que não se vacinaram.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...