‘Escrota e verme’: homem é condenado por xingar enfermeira em cidade de SC

Homem foi condenado a seis meses de detenção em regime semiaberto; enfermeira pertence ao quadro de servidores municipais

Um homem foi condenado a seis meses de detenção, em regime semiaberto, por xingar uma enfermeira através da internet. O juízo da Vara Criminal da comarca de Navegantes, no litoral norte do Estado protocolou a decisão na última segunda-feira (18).

Enfermeira pertencente ao quadro de servidores municipais de Navegantes – Foto: Arquivo NDTVEnfermeira pertencente ao quadro de servidores municipais de Navegantes – Foto: Arquivo NDTV

De acordo com a denúncia do Ministério Público, no dia 29 de novembro de 2017, por volta das 22h23 o homem publicou na internet o desacato contra a enfermeira que pertence ao quadro de servidores municipais de Navegantes.

Na publicação da internet, ele teria xingado a profissional de “escrota” e “verme”. Em sua defesa, o homem informou que as ofensas não foram proferidas na presença ou diretamente à profissional de saúde e que seria um “desabafo”.

Ao analisar o caso, a juíza substituta Helena Vonsovicz Zeglin, em atividade na unidade, constatou que as palavras proferidas pelo acusado em relação à ofendida, em razão da função pública exercida, tiveram como objetivo único desacatá-la. “Em razão do excesso cometido, a conduta do acusado não se trata de mero desabafo, de modo que não encontra salvaguarda no direito à liberdade de expressão”, cita na sentença.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...