Florianópolis terá troca de cartas entre detentas e professoras; entenda

Projeto vai incentivar leitura, arte e psicanálise dentro do presídio feminino com a troca de cartas entre as participantes

Um novo projeto cultural foi aprovado pela Justiça de Santa Catarina para ser realizado com as detentas do Presídio Feminino de Florianópolis.

Proposto por professoras de Psicologia da Unisul, o “Caixa Postal: Ateliê de Leitura e Escrita” vai oferecer um espaço de leitura e trocas de cartas no ambiente carcerário.

“Caixa Postal” vai promover troca de cartas entre detentas e professoras – Foto: Tom Hermans/ Unsplash/ Divulgação/ ND“Caixa Postal” vai promover troca de cartas entre detentas e professoras – Foto: Tom Hermans/ Unsplash/ Divulgação/ ND

As participantes do projeto vão receber obras literárias e terão 30 dias para produzir resenhas críticas, que serão enviadas em forma de cartas para as professoras responsáveis pelo projeto.

As psicólogas que propuseram a iniciativa farão as avaliações e vão dar retorno sobre as produções das detentas e os sentimentos expressos nas produções.

Paula Botke e Silva é juíza da Vara de Execuções Penais da Comarca da Capital e aprovou juridicamente a proposta do projeto. Ela conta que há muito tempo existe a oportunidade do apenado reduzir o tempo de detenção através da leitura, do estudo e do trabalho.

“A partir de maio deste ano, o Conselho Nacional de Justiça aumentou este leque de oportunidades com atividades culturais, mais voltadas para o desenvolvimento humano”, afirma a juíza.

Como funciona

Quando entram no presídio, as apenadas podem avisar as assistentes sociais sobre o interesse em participar de projetos culturais, de trabalho ou estudo.

As cartas trocadas entre as detentas e professoras não podem estar lacradas e vão passar por um crivo da administração do presídio.

Ao todo, dez mulheres participam da primeira leitura proposta pelo “Caixa Postal”, que está acontecendo desde o começo de agosto no presídio. O livro Becos da Memória, da escritora Conceição Evaristo, foi o escolhido para a abertura.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...