Fórum Parlamentar de SC pede ajuda do Itamaraty no imbróglio judicial do voo da Chape

Deputados e senadores querem a ajuda do Itamaraty que reforce o diálogo com a Colômbia e a Bolívia para resolução da questão diplomática

O Fórum Parlamentar Catarinense formado por deputados federais e senadores do estado pediu auxílio do Ministério de Relações Exteriores para resolução dos processos de indenização das famílias das vítimas da tragédia aérea envolvendo a delegação da Chapecoense e convidados em 2016 na Colômbia.

Em 2016, a tragédia envolvendo a equipe da Chapecoense entrou para a história do futebol. O clube perdeu todo seu elenco, com apenas três sobreviventes, indo disputar a 1ª partida da final da Taça Sul-Americana – Foto: (Foto: RAUL ARBOLEDA / AFP)Em 2016, a tragédia envolvendo a equipe da Chapecoense entrou para a história do futebol. O clube perdeu todo seu elenco, com apenas três sobreviventes, indo disputar a 1ª partida da final da Taça Sul-Americana – Foto: (Foto: RAUL ARBOLEDA / AFP)

Os políticos catarinenses querem que o governo brasileiro ajude no diálogo com a Colômbia e a Bolívia para que as famílias consigam ter acesso às indenizações da tragédia. Na conversa, o ministro Carlos França se comprometeu em buscar diálogo com os chanceleres dos países envolvidos.

Participaram do encontro a presidente do Fórum Parlamentar, deputada federal Angela Amin (PP), a deputada Carmen Zanotto (Cidadania), o deputado Coronel Armando (PSL), os senadores Esperidião Amin (PP) e Dário Berger (MDB). O senador Jorginho Mello (PL) estava representado pela assessoria. 

Ações judiciais que envolvem pedidos de indenização correndo nos países diretamente envolvidos e também nos Estados Unidos, país em que a LaMia — empresa da aeronave que sofreu a queda — possui contratos, e no Reino Unido.  

O avião com a delegação da Chapecoense, além de jornalistas e convidados, caiu em Medellín, na Colômbia, em novembro de 2016. Ao total, foram 71 mortes. 

Enquanto isso, a CPI da Chapecoense segue parada no Senado. A Comissão foi suspensa devido à pandemia, mas já foi feita solicitação oficial para que seja retomada.

Vale lembrar que em junho, o senador Esperidião Amin enviou uma carta ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pedindo maior envolvimento do governo brasileiro em busca de reparação às famílias das vítimas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...