Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Greve: sindicalistas desacatam Justiça de Santa Catarina outra vez

Desembargador declarou greve ilegal há 20 dias e aulas continuam suspensas em Florianópolis

O Sindicato dos Trabalhadores Municipais da Capital (Sintrasem) volta a desrespeitar de forma flagrante e ostensiva decisões do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.  Na origem da rebeldia inaceitável a greve dos professores da rede municipal de ensino. Cancelaram as aulas presenciais e até as virtuais, com prejuízos irrecuperáveis para milhares de alunos.

O Ministério Público Estadual determinou o retorno as aulas presenciais.  O desembargador Paulo Bruschi concedeu liminar em ação declaratória impetrada pela Prefeitura, declarando a greve ilegal.

Na mesma liminar, já no da 25 de março, autorizou o desconto salarial dos dias parados, determinando ao sindicato e grevistas distância mínima das escolas de 450 metros.  E fixou multa diária de R$ 100.000,00.

Há 25 dias que a Justiça Catarinense é insultada.

A requerimento do Sindicato hoje haverá audiência virtual.  O Procurador do município, Rafael Poletto, defenderá posição legalista:  cumprimento da decisão judicial, retorno as aulas e pagamento da multa.

A educação foi declarada essencial por lei em todo o Estado. E apenas a rede municipal de ensino não funciona na Capital.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.