Homem é condenado por matar e tentar esconder corpo de vítima em Jaraguá do Sul

Crime aconteceu em uma casa abandonada no bairro São Luís, em abril deste ano

Um homem foi condenado a 16 anos de prisão em Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina, por um assassinato cometido após uma discussão por causa de um cartão do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) em abril deste ano.

Segundo o Ministério Público, a investigação aponta que o réu, a companheira e a vítima bebiam em uma casa abandonada no bairro São Luís quando o agressor partiu pra cima da vítima com cotoveladas, socos e chutes.

Homem foi morto após discussão em casa abandonada em Jaraguá do Sul – Foto: PM/DivulgaçãoHomem foi morto após discussão em casa abandonada em Jaraguá do Sul – Foto: PM/Divulgação

Após as agressões, ele ainda cortou a garganta da vítima, o que acabou causando a morte. Por fim, o autor do crime arrastou o corpo do homem até os fundos do imóvel e o jogou em um barranco na beira de um rio, a fim de ocultar o assassinato.

O réu foi condenado, nesta semana, por homicídio com as qualificadoras de motivo fútil, emprego de meio cruel e fraude processual, já que alterou o local do crime. Como é reincidente, o homem não poderá recorrer em liberdade, embora a decisão seja passível de recurso.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...