Homem que assassinou e queimou mulher é condenado em Chapecó

Crime ocorreu na tarde de 12 de maio de 2018, após uma festa em uma casa no interior

Um homem foi condenado a 18 anos e seis meses de reclusão pelo assassinato de uma mulher na linha Progresso, no interior entre Planalto Alegre e Guatambu, no Oeste catarinense. O crime ocorreu na tarde de 12 de maio de 2018, após uma festa em uma casa.

O corpo foi encontrado no interior do município — Foto: Willian Ricardo/Arquivo pessoal/NDO corpo foi encontrado no interior do município — Foto: Willian Ricardo/Arquivo pessoal/ND

O réu, segundo a denúncia do MP-SC (Ministério Público de Santa Catarina), esfaqueou a vítima e depois levou seu corpo para uma área de mata no interior de Planalto Alegre, onde tentou ocultar o cadáver com o uso de fogo.

Após 12 horas de debates na sessão do Tribunal do Júri na comarca de Chapecó, os jurados chegaram ao veredito e a pena foi fixada com base no homicídio qualificado por uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, fraude processual, destruição e ocultação de cadáver.

O julgamento foi presidido pelo juiz Jeferson Osvaldo Oliveira, titular da 1ª Vara Criminal de Chapecó, e ocorreu na última sexta-feira (23).

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...