Homem que exibiu nádegas para vizinha após discussão em BC deve pagar multa

Durante a briga, ele teria ainda danificado uma calha e baixado as calças; homem foi condenado por danos morais

Um homem foi condenado a pagar R$ 4 mil por danos morais depois de ter danificado uma calha na casa dos vizinhos e baixar as calças, expondo em público as nádegas.

A decisão foi da juíza Patrícia Nolli, titular do 1º juizado Especial Cível da comarca de Balneário Camboriú. De acordo com os autos, o homem admitiu as ações, alegando que tinha desavenças com a vizinha, e que depois do episódio, providenciou o conserto do tubo danificado.

Homem que exibiu nádegas para vizinha durante discussão, em Balneário Camboriú, deve pagar multa por danos morais – Foto: TJSCHomem que exibiu nádegas para vizinha durante discussão, em Balneário Camboriú, deve pagar multa por danos morais – Foto: TJSC

“Necessário esclarecer que o réu não fez prova de qualquer uma das assertivas. E, convenhamos, seria realmente difícil justificar o repudiável ato de despir-se à vista de todos”, cita a juíza em sua decisão.

Nolli ressaltou ainda que a conduta do homem ultrapassou qualquer limite minimamente razoável, uma vez que, além de danificar o patrimônio, mas também a integridade moral da vizinha.

O réu foi condenado ao pagamento de R$ 2 mil, para a vizinha e o filho dela, por reparação de danos morais. Ao valor ainda terão jurus e correção monetária aplicada depois que a sentença seja publicada.

A ação foi ajuizada em setembro de 2020, mas os fatos ocorreram em setembro de 2017.​ A decisão ainda cabe recurso.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC