Homens que mataram mãe e filho carbonizados são condenados em Guaramirim

Bruno Gustavo Graff e Aloísio Osvaldo Graff foram condenados por homicídio duplamente qualificado

Os homens que mataram mãe e filho carbonizados em Guaramirim, Norte de Santa Catarina, em dezembro de 2019, foram condenados na última quinta-feira (29) por homicídio duplamente qualificado.

Mãe e filho morreram carbonizados em dezembro de 2019Mãe e filho morreram carbonizados em dezembro de 2019 – Foto: Arquivo/NDTV

O Tribunal do Júri da Comarca de Guaramirim seguiu o entendimento do MPSC (Ministério Público de Santa Catarina), condenando os denunciados por motivo fútil e emprego de fogo.

Sobre o caso

De acordo com a denúncia da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Guaramirim Bruno Gustavo Graff e Aloísio Osvaldo Graff estavam bebendo com as vítimas em um bar na data do crime.

Pouco depois, Iracema Santana Rodrigues, de 59 anos, e seu filho, Mateus Santana Rodrigues Pereira do Santos, de 27, saíram do local com a dupla e foram até a residência onde moravam. Já em casa, Aloísio começou a discutir, alegando que a mulher teria furtado dinheiro dele.

Bruno deu socos e chutes em Mateus, que foi pisoteado e atingido por um pedaço de madeira na cabeça quando já estava caído no chão. Iracema em sua cama, desacordada, no momento da briga.

Em seguida, Bruno ateou fogo em uma das cortinas e trancou as portas da casa. As chamas se alastraram pela residência, matando as vítimas carbonizadas.

Penas

Os homens foram condenados por homicídio duplamente qualificado – por motivo fútil e emprego de fogo.

Bruno Gustavo Graff terá que cumprir a pena de 32 anos de reclusão, em regime fechado. Ele teve a prisão preventiva mantida. Já Aloísio Osvaldo Graff terá que cumprir a pena de 24 anos de reclusão, também em regime fechado.

Aloísio teve a prisão domiciliar mantida, com uso de tornozeleira eletrônica, por ter 73 anos e possuir doença grave. Os réus não poderão recorrer em liberdade.

A decisão é passível de recurso.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...