Hospital de Capinzal recebe dinheiro da comarca para usar no combate a Covid-19

Outras instituições de Joaçaba e Piratuba também foram contempladas por meio da comarca de Capinzal

O Hospital Nossa Senhoras das Dores, de Capinzal, no Meio-Oeste de Santa Catarina, foi contemplado com R$ 27 mil por meio da comarca de Capinzal. Outras instituições de Joaçaba e Piratuba também vão receber o aporte financeiro. O total dos seis projetos chega a R$ 134 mil. As verbas são resultantes das penas pecuniárias, uma medida alternativa à prisão em crimes de menor potencial ofensivo.

Hospital de Capinzal recebeu R$ 27 mil por meio da comarca que serão destinados para compra de tecidos utilizados na confecção de jalecos, lençóis e roupas – Foto: Hospital Nossa Senhora das Dores/DivulgaçãoHospital de Capinzal recebeu R$ 27 mil por meio da comarca que serão destinados para compra de tecidos utilizados na confecção de jalecos, lençóis e roupas – Foto: Hospital Nossa Senhora das Dores/Divulgação

O dinheiro destinado à unidade hospitalar servirá para compra de tecidos utilizados na confecção de jalecos, lençóis e roupas para os profissionais da saúde e pacientes. Ao todo, o hospital possui 63 leitos, 23 deles destinados aos casos de Covid-19. Além da população local, a unidade recebe moradores dos municípios vizinhos.

Uma das administradoras do hospital, Irmã Adelaide Frigo, conta que tudo será confeccionado com a ajuda de voluntárias.

“Com a pandemia, o cuidado com as vestimentas é redobrado. O desgaste é muito maior porque a lavagem é feita diversas vezes e as peças, naturalmente, acabam estragando. Temos consertado algumas, mas ter novas é fundamental”, reforça.

Além do projeto do hospital, a decisão da juíza Mônica Fracari, titular da 2ª Vara, atende pleitos da Delegacia de Polícia de Capinzal, DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Joaçaba, Associação de Bombeiros Comunitários de Piratuba, Associação Comunitária de Segurança Pública e Clube de Pais do CMEI Pedacinho do Céu.

“A presente decisão, a qual estabelece a ordem de contemplação, é baseada nas atividades de caráter essencial à segurança pública, educação e saúde que apresentaram urgência e maior interesse coletivo”, pontua.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Justiça SC