Moacir Pereira

moacir.pereira@ndmais.com.br Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Judiciário adota neutralidade de gênero e abre polêmica em SC

Nas redes sociais, Tribunal de Justiça do Estado homenageia o Dia do Orgulho LGBTQIA+

A semana está começando com uma polêmica nas redes sociais envolvendo o Poder Judiciário de Santa Catarina. O TJSC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina) publicou no Instagram uma homenagem ao Dia do Orgulho LGBTQIA+ e incluiu um slogan adotando a neutralidade de gênero.

Ao invés de todos e todas, que é o exigido pela língua portuguesa, destacou a expressão “todes”.

Críticas publicadas nas redes sociais – Foto: Tribunal de JustiçaCríticas publicadas nas redes sociais – Foto: Tribunal de Justiça

Centenas de manifestações nas redes sociais de críticas à postagem, incluindo advogados e até magistrados. Algumas, também, de apoio, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal.

As expressões sobre gênero neutro são ilegais pois representam um atentado contra a língua portuguesa. Além disso, aqui Santa Catarina, há um decreto estadual que veda as instituições de ensino publicas e privadas qualquer nova flexão de gênero.

Se o Tribunal de Justiça adota gênero neutro em rede digital oficial, o que farão as escolas e outros órgãos públicos e particulares de SC? O Judiciário criou uma polêmica desnecessária e abriu um precedente considerado grave e perigoso.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ricardo Roesler, informou que a administração superior não tinha conhecimento do fato, foi inteirada e está apurando responsabilidades.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...