Justiça condena homem que tentou matar testemunha de homicídio em Tubarão

Ele e o comparsa, que já foi condenado, armaram uma emboscada para assassinar as vítimas

Um homem acusado de tentar matar duas pessoas foi condenado a 23 anos de prisão, na quinta-feira (2), em Tubarão, no Sul de Santa Catarina. Uma das vítimas, inclusive, foi testemunha de um homicídio cometido pelo mesmo agressor.

O crime ocorreu em maio de 2014 – Foto: Reprodução/NDO crime ocorreu em maio de 2014 – Foto: Reprodução/ND

Segundo a denúncia do Ministério Público, a tentativa de homicídio ocorreu contra a irmã de um homem que havia sido morto pelo mesmo criminoso. O motivo é que ela teria testemunhado o assassinato e reconhecido os autores, que integravam uma facção criminosa rival.

O crime aconteceu em maio de 2014, quando dois homens adultos, acompanhados de um adolescente, armaram uma emboscada para as vítimas, uma mulher e outro homem, esperando que elas passassem de carro. Quando estavam passando por eles, efetuaram diversos disparos de arma de fogo, mas não acertaram nenhum.

O homem condenado nesta semana, além de não acertar as vítimas, acabou atingindo o próprio comparsa com dois disparos e o abandonou no local. O parceiro de crime só não morreu porque foi atendido a tempo pelos policiais acionados pelas vítimas da tentativa de homicídio.

O primeiro acusado, o comparsa baleado, já havia sido julgado em janeiro deste ano e condenado a 25 anos de prisão.

+

Justiça SC

Loading...