Justiça condena homens que mataram idoso após programa sexual em Criciúma

Dois homens foram condenados pelo latrocínio de um idoso de 62 anos ocorrido em janeiro deste ano em Criciúma

Dois homens, de 45 e 39 anos, foram condenados pelo juízo da 1ª Vara Criminal da comarca de Criciúma por roubarem e matarem um idoso de 62 anos em janeiro deste ano em Criciúma. A dupla foi até a casa do idoso para um programa sexual e se aproveitaram da oportunidade para matar asfixiado e roubar a vítima.

Os homens foram condenados por latrocínio, respectivamente, a penas de 30 anos e 20 anos de reclusão, em regime inicial fechado. O direito a recorrer em liberdade foi negado para ambos.

Grupo que utilizava perfis falsos para obter nudes das foi vítimas foi condenadopela 1ª Vara Criminal da comarca de CriciúmaGrupo que utilizava perfis falsos para obter nudes das foi vítimas foi condenadopela 1ª Vara Criminal da comarca de Criciúma

Idoso foi morto com fio elétrico

Segundo a denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC),  o crime ocorreu no bairro Operária Nova. Os dois homens teriam aceitado fazer um programa sexual na casa do idoso. Após o programa teria ocorrido um desacordo sobre o pagamento do serviço.

Então os dois homens aproveitaram que o idoso estava de costas e com um fio de extensão elétrica o asfixiaram e o mataram. A dupla fugiu do local levando diversos itens roubados do idoso. No mesmo dia, eles teriam vendido o celular da vítima para um casal.

O corpo do idoso foi encontrado na casa com braços e pernas amarradas com fios e um cinto.  Além da dupla, o casal que adquiriu o celular roubado da vítima foi condenado por receptação com pena de um ano de prisão em regime aberto e ao pagamento de 10 dias-multa.  Cabe recurso da decisão ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). 

+

Justiça SC

Loading...