Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Justiça decide pela indisponibilidade de bens de prefeita no Sul

A Ação do Ministério Público acusa a prefeita e o secretário Municipal de Administração de terem contratado com dispensa de processo licitatório os serviços de advocacia

Em quatro meses de governo, a prefeita de Lauro Müller, Saionara Correia de Carvalho, do MDB, teve decisão da Justiça pela indisponibilidade dos bens em razão de acusação de irregularidades na contratação de serviços jurídicos para o Paço Municipal.

Prefeitura de Lauro Müller – Foto: Divulgação/Prefeitura de Lauro MüllerPrefeitura de Lauro Müller – Foto: Divulgação/Prefeitura de Lauro Müller

A Ação do Ministério Público acusa a prefeita e o secretário Municipal de Administração, José Artur Fernandes de terem contratado com dispensa de processo licitatório os serviços de advocacia de Rafael Dagostin da Silva. No processo apontam que o advogado seria liado a prefeita “por estar no mesmo partido”.

O MP solicitou liminarmente a indisponibilidade de bens e no mérito a suspensão do contrato.

Em decisão Liminar a juíza Maria Augusta Toniolli determinou o bloqueio de bens no valor de R$ 36.925,68. Cabe recurso.

Loading...