Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Operação Benedetta: Prefeito de Urussanga é indiciado

A Polícia Federal concluiu nesta terça-feira parte do Inquérito referente a Operação Benedetta, e indiciou o prefeito de Urussanga, Luis Gustavo Cancelier, do PP

A Polícia Federal concluiu nesta terça-feira parte do Inquérito referente a Operação Benedetta, e indiciou o prefeito de Urussanga, Luis Gustavo Cancelier, do PP. De acordo com o relatório, assinado pelo delegado Cláudio Roberto Trapp, Cancelier está enquadrado no artigo 314 do código penal, que versa sobre o “extravio de livro oficial ou qualquer documento que tenha guarda em razão do cargo”.

Operação Benedetta foi deflagrada em maio em Urussanga – Foto: DivulgaçãoOperação Benedetta foi deflagrada em maio em Urussanga – Foto: Divulgação

Além do prefeito, o relatório também indicia a chefe de gabinete, Alexsandra Macari Rodrigues, a contadora Simara Furlan Redivo e o secretário de infraestrutura, Emerson Jeremias. Todos foram afastados de suas funções junto com o prefeito Luiz Carlos Cancelier, por ocasião da Operação Benedeta, deflagrada no dia 20 de maio.

O relatório com o indiciamento dos agentes públicos será agora encaminhado à Procuradoria Federal, que define se vai ou não oferecer denúncia.

A Operação Benedetta foi deflagrada para investigar  possível má aplicação de recursos públicos contratados por municípios da região com a Caixa Econômica Federal para o financiamento de despesas.

Loading...