Trio é condenado por matar detento com faca artesanal em Joinville

Os três detentos surpreenderam a vítima durante o banho de sol e a mataram com diversos golpes

Três homens foram condenados em Joinville, no Norte de Santa Catarina, por matar um detento no presídio da cidade. A sessão, que durou cerca de seis horas, ocorreu na terça-feira (21).

O crime aconteceu em março de 2020, quando o trio atacou Rafael Jonathan de Souza, de 22 anos, durante o banho de sol. Eles usaram uma faca artesanal para cometer o homicídio, que foi registrado pelas câmeras da unidade e foi admitido pelos envolvidos aos agentes prisionais.

Detento foi morto a facadas no presídio de Joinville – Foto: Carlos Jr/NDDetento foi morto a facadas no presídio de Joinville – Foto: Carlos Jr/ND

Na acusação, o promotor Ricardo Paladino argumentou que os réus estavam em maior número e o ataque ocorreu de forma imprevisível, características que qualificam o crime como praticado com recurso de dificultou a defesa da vítima.

Paladino também destacou que o crime foi cometido de forma cruel, uma vez que o jovem foi atingido por uma grande quantidade de golpes usados para provocar a morte. O Tribunal do Júri seguiu o entendimento do Ministério Público e condenou o trio por homicídio duplamente qualificado.

Os detentos foram condenados a uma pena total de 85 anos e 4 meses de prisão, com penas individuais entre 25 e 30 anos. A defesa ainda pode recorrer, porém, os réus continuam presos porque já cumprem pena por outros crimes.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça SC

Loading...