Fabio Gadotti

fabio.gadotti@ndmais.com.br Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Votação de Previdência complementar de Florianópolis é adiada

Com cancelamento da sessão extra prevista para esta sexta-feira (12), projeto vai entrar na pauta da próxima terça-feira (16)

O projeto que cria o regime de previdência complementar no serviço público municipal de Florianópolis será votado na sessão ordinária da Câmara da próxima terça-feira (16), a partir de 16h.

Plenário da Câmara de Florianópolis – Foto: Divulgação/NDPlenário da Câmara de Florianópolis – Foto: Divulgação/ND

A sessão extra prevista para a manhã desta sexta-feira (12) foi cancelada porque a discussão poderia avançar até o início da tarde e comprometer a reunião ampliada sobre o passaporte de vacinação, que começa às 13h.

A proposta, que limita a aposentadoria dos novos servidores ao teto do INSS, tramita em regime de urgência urgentíssima a pedido do Executivo.

O texto limita a aposentadoria dos servidores ao teto do INSS, que é de R$ 6.433,57. Quem quiser ter benefício acima desse valor terá que aderir à previdência complementar, como já funciona na iniciativa privada.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...